23 de abril de 2019

Cinefantasy Abre Inscrições Para A Sua 9ª Edição E Cria O Troféu “José Mojica Marins”


** Enviado ppr Atti Comunicação 
** Festival acontece de 03 a 08 de setembro no MIS, em São Paulo
 ** Inscrições abertas de 13/03 a 14/05

No dia 13 de março, José Mojica Marins, o Zé do Caixão, celebra seu 83º aniversário, e o CINEFANTASY – Festival Internacional de Cinema Fantástico irá homenageá-lo criando o TROFÉU JOSÉ MOJICA MARINS, que será entregue a partir desta edição aos vencedores das categorias do festival.

"Mojica é um ícone do cinema, aclamado mundialmente. O Cinefantasy reconhece que foi ele e sua obra que trouxeram à luz para o grande público o gênero fantástico. O Brasil deve valorizar artistas e criadores em vida. A homenagem é um brinde que faremos com ele", celebra o curador do festival Eduardo Santana.

Na mesma data (13/03), o festivalabre as inscrições para a sua  9ª edição. Os interessados poderão enviar o material até 14 de maio, desde que a temática seja fantástica (horror, ficção científica ou fantasia), onde histórias tenham elementos sobrenaturais, que não são reais ou gerem dúvidas quanto a sua natureza, podendo ser da categoria ficção, animação ou documentário.

O festival se divide nas seguintes sessões competitivas:

-  MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS - são filmes produzidos nos últimos 36 meses, inéditos em Festivais realizados no município de São Paulo, captados em qualquer formato.

-  MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS - são filmes produzidos nos últimos 36 meses, com duração de até 15 minutos, inéditos em Festivais realizados no município de São Paulo, captados em qualquer formato, nas seguintes categorias:

•        Animação
•        Fantasia
•        Ficção Científica
•        Horror
•        Espanha Fantástica
•        Amador
•        Estudante

Mostra Mulheres Fantásticas, criada em 2018, que premiou curtas-metragens dirigidos por mulheres, continua na programação. A curadoria este ano é assinada por Mônica Trigo.

“É fundamental fortalecer a presença de mulheres na direção de obras cinematográficas. Um festival de cinema é a vitrine de várias produções, ampliando o empoderamento e o alcance do olhar e das narrativas  femininas”, observa a curadora.

A novidade desta edição é a Mostra Fantástica Diversidade, para filmes fantásticos LGBTQ+, tendo como curador o diretor taiwanês Hsu Chien.

O Cinefantasy premiará a produção de curta-metragem brasileira com o Prêmio Especial Brasil Fantástico, oferecendo serviços de pós-produção para a próxima obra.

O regulamento completo está disponível no site -http://www.cinefantasy.com.br


Serviço:
Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico
De 03 a 08 de setembro no MIS, em São Paulo.
INSCRÇÕES ABERTAS – de 13/03 a 14/05

Atendimento à Imprensa:
ATTi Comunicação e Ideias
(11) 3729-1455 / 3729-1456







Share:

Zdzisław Beksiński



BIOGRAFIA

Zdzisław Beksiński nasceu em 24 de fevereiro de 1929 em Sanok.  Ele terminou o secundário e o colegial em Sanok, então começou a estudar arquitetura na Cracow Polytechnic em 1947. Depois de terminar os estudos em 1952, ele teve que ficar em Cracóvia, e em seguida, mudou-se para Rzeszów devido ao mandado de trabalho.  Ele voltou para Sanok em 1955. Beksinski persegue a fotografia em sua cidade natal. Precedendo muitas descobertas da vanguarda européia, ele provou ser um criador independente e inovador. As realizações fotográficas terminam com a série de fotomontagens feitas por meio da justaposição de diferentes fotografias que não têm conexões tangíveis entre si.  Ele começa a desenhar muito vivendo em Rzeszow ainda. Em Sanok, ele cria esculturas e relevos. Ele cultiva a abstração que domina a arte do mundo naquela época, enquanto na arte polonesa ela se torna a mais forte reação contra o socrealismo imposto. Beksiński segue seu próprio caminho em sua criatividade abstrata sendo distinta do tachismo dominante. Seu branco ou preto alivia a intriga pela estrutura de múltiplas camadas de uma superfície extraordinariamente nobre e muito expressiva.  As esculturas são na verdade figurativas, elas prevêem a futura pintura. Em nossa coleção, além das seis pinturas abstratas, esse período também é representado por uma escultura de tamanho grande e duas cabeças de gesso. O afastamento da abstração em direção à arte figurativa ocorre nitidamente. A arte expressiva e até drástica que ganha cada vez mais adeptos nasce. Quando as obras de Beksiński são exibidas durante o congresso da Associação de Críticos Internacionais de Arte AICA, em 1960, elas chamam a atenção de um presidente contemporâneo da AICA e, ao mesmo tempo, diretor do Museu Guggenheim, em Nova York.  Ele oferece a ele uma bolsa de estudos de seis meses nos EUA. O artista que já está ciente de seu próprio caminho criativo permanece em Sanok, já que ele não quer distrair suas próprias buscas. A exposição organizada por Janusz Bogucki no Old Orangery em Varsóvia em 1964 torna-se o primeiro sucesso significativo de sua arte.

Quando o Sr. Bogucki apresenta novamente as pinturas de Beksinski em Varsóvia em 1972, o artista surpreende o público com o rompimento completo com o grau de vanguarda.  As obras, ali apresentadas, principalmente paisagens e composições figurativas, introduzem o chamado 'período fantástico', que fortalecerá sua posição na arte moderna, revelando um caminho artístico completamente pessoal e essencialmente solitário, como se contra todas as tendências de vanguarda, correntes e tendências.  Beksiński recebe adeptos fervorosos ou mesmo fiéis, assim como críticos e oponentes igualmente ferozes. Sua pintura não se encaixa nas convenções da arte moderna. O sucesso artístico melhora sua situação financeira e permite que ele viva apenas nas obras de arte. Os preços de suas pinturas estão crescendo. O "período fantástico" é principalmente associado à sua estadia em Sanok.

No entanto, as autoridades municipais planejam demolir a casa da família do artista.  Beksinski decide mudar-se para Varsóvia. Ele organiza um apartamento e um estúdio em um quarteirão no distrito de Ursynow em 1976. Beksinski eventualmente liquida seu apartamento em Sanok e se muda para Varsóvia no verão de 1977. Contatos e um contrato com Piotr Dmochowski, um comerciante de arte que vive na França,  traz a tentativa de lançar o artista no Ocidente. Inicialmente, a cooperação bem desenvolvida se transforma em conflito quando o artista começa a se desviar do método de pintura sendo característico do "período fantástico" que lhe trouxe tal sucesso. Figuras ou cabeças de uma ou várias pessoas se tornam os temas de suas obras.  Menos e menos vezes podemos ver paisagens também privadas dessa visão ilusória. O artista se concentra mais em meios artísticos do que em um tema.

As pinturas se tornam mais pictóricas, enquanto o tema ou motivo é secundário.  Às vezes eles são criados com uma quantidade incontável de linhas que se transformam em um desenho quase, às vezes, a forma principal se separa do espaço pictórico como uma escultura dimensional.  No início dos anos 90, Beksinski compra uma fotocopiadora e retorna, após anos, ao desenho, criando por meio de etapas copiadas do trabalho, que levam a várias soluções. No entanto, é o computador que eventualmente lhe deu a oportunidade real de transformações ilimitadas do efeito já alcançado, sem risco de danificá-lo.  Nos últimos anos, o artista busca a criatividade, que é chamada de computação gráfica. De certo modo, ele retorna à fotografia, especialmente à fotomontagem. Sua computação gráfica é criada exclusivamente através do processamento de fotografias e nunca de seus próprios desenhos. O processo incomparavelmente mais perfeito de fazer "fotomontagem" do que antes em uma câmara escura tradicional, permite-lhe, até certo ponto, retornar aos pensamentos formulados no "período fantástico".  No período em que ele percebeu sua pintura como forma inferior, mais tediosa de "fotografar sonhos".

Ecos distantes de tal pensamento serem percebidos através de novos meios causam um problema em reconhecer o meio das obras.  Está longe a fotografia processada ou talvez ainda a criatividade da pintura acabou de ser gerada de uma maneira específica. No entanto, o mais significativo para o artista não é um meio pelo qual foi alcançado, mas o resultado.  A criatividade de Zdzisław Beksiński está inseparavelmente ligada a Sanok e ao Museu Histórico, embora, paradoxalmente, ele tivesse poucas exibições individuais aqui. O primeiro trabalho foi comprado pelo museu em 1964, enquanto a primeira exposição aconteceu aqui em 1968. Suas obras sempre estiveram presentes nas exposições permanentes do museu.  Em 1982, o museu apresentou uma exposição baseada em sua própria coleção e imagens emprestadas do povo Sanok. Em 1988, o museu mostrou suas conquistas no campo da fotografia. A exposição foi organizada para a fotografia artística realizada pelo Museu Nacional em Wroclaw. O Museu Histórico exibe sua coleção em muitas cidades desde muitos anos. A exposição mais representativa e também a maior, ampliada por exposições emprestadas de vários museus, foi exibida no Bureau of Art Exhibitions em Poznan.  A exposição preparada em 2002 nas câmaras do castelo de Sanok é a única exibição tão abrangente das obras de Beksiński. Esta é principalmente uma galeria individual como a coleção de Sanok tem caráter individual.

Quase todo trabalho coletado no Museu Histórico foi escolhido pelo próprio artista como o mais significativo de sua carreira.  Eles representariam o melhor do museu. No final de sua vida, o artista deu um depósito de pinturas e desenhos dos últimos anos, complementando a coleção novamente com obras consideradas importantes para sua criatividade. Zdzislaw Beksiński foi brutalmente assassinado em seu apartamento em Varsóvia em 21 de fevereiro de 2005. De acordo com seu testamento, o Museu Histórico tornou-se o único herdeiro do artista e herdou vários milhares de obras, incluindo fotografias, desenhos, gráficos e pinturas.  Em 2006, uma grande retrospectiva póstuma de Beksiński cobrindo toda a sua obra foi organizada no Museu Nacional em Gdansk. Todos os trabalhos expostos vieram da coleção do museu Sanok. Em 19 de maio de 2012, a nova Galeria de Zdzisław Beksiński, juntamente com a oficina reconstruída de Varsóvia, foi inaugurada na ala sul do castelo.

Wiesław Banach

Traduzido por Inominável Ser

Inomináveis Saudações a todos vós, Coveiras & Coveiros & visitantes!

Os créditos para as imagens contidas neste post vão para Douglas Verden, artista já aqui no blog entrevistado e apresentado em sua alquímica arte. A partir de hoje, estarei postando artistas cujas obras ele compartilhou comigo através do Google Drive. Zdzisław Beksiński é o primeiro dos artistas que serão aqui eternizados no blog, uma primeiríssima viagem por um fantástico mundo surreal de pictórica realidade transcendental.

APRECIEM SEM MODERAÇÃO!!!






































































Share:

SÍMBOLO OFICIAL DO PROJETO C.O.V.A.

SÍMBOLO OFICIAL DO PROJETO C.O.V.A.
Criado por Edgar Franco

Oanna Selten (Designer Oficial Do Projeto C.O.V.A./Parceira)

Oanna Selten (Designer Oficial Do Projeto C.O.V.A./Parceira)
Oanna Selten
Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Minha foto
Inominável Ser
Apenas sou um Ser em constante construção. Quer saber mais? Leia meus blogs e saberá mais sobre mim.
Visualizar meu perfil completo

Enterram-Se Nesta Cova:

Blog Archive

Labels

Parcerias

Marcadores

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support