31 de agosto de 2013

Vertigo 44



Inomináveis Saudações a todos vós, Coveiros e visitantes!

Quase ao final do mês de agosto, praticamente, chego aqui no blog para fazer a resenha da Vertigo deste mês, uma revista que espetacularmente conquista a todos os corações que desprezam tudo que é politicamente correto neste mundinho hipócrita nosso. Com a Vertigo nas mãos, tu mesmo aí em frente ao notebook ou ao seu PC ou ultrabook ou celular ou netbook ou qualquer tecnologia que permita o acesso a este céu e inferno que é a Internet, será capaz de realizar, em transe, uma viagem tremendamente frutífera ao esgoto mais podre da Humanidade, desta Humanidade e não de outra residente em qualquer planeta deste nosso Universo. E é sempre prazeroso cheirar o esgoto e aprender muito com as fraquezas que nos tornam tão interessantes e imortais nas diferenças essencialmente amorais e mórbidas que cada história contida em uma edição da Vertigo apresenta.

Um campeão em enterrar-se no esgoto é John Constantine, que abre esta presente edição com a primeira parte de Segredos E Mentiras, escrita por Peter Milligan e Giuseppe Camuncoli. Somos apresentados a uma estranha doença de pele adquirida por meio de uma estranha infecção mística e tudo se interligará na próxima edição, que trará as duas outras partes desta história. E, pelo que senti, mais um relacionamento amoroso de Constantine vai para o nada...

O bandidão Corvo Vermelho é mais aprofundado em Escalpo, na Parte 1 de 5 de Correndo Para Ficar No Mesmo Lugar. Suas dúvidas, medos e limites, incluindo a relação amistosa com Hassell, a grande figura mística da reserva, nos é apresentada com uma sobriedade ímpar. De quebra, ao final, o sinistro Apanhador surge mantendo como seu prisioneiro o agente Queda D'Água.

A Concepção fica melhor conhecida e reconhecida na Parte 4 de 5 de do arco de mesmo nome na série Casa dos Mistérios. "Dois Indivíduos" versa sobre a existência daquela Entidade criada pela imaginação de Fig Keele, Entidade dividida em dois corpos femininos e dois corpos masculinos, mas possuindo apenas uma consciência, uma essência, uma consistência, uma Presença. Temos, no meio da história, uma inserção metalinguísica interessantíssima, "Suga-Sangue", imaginada por Jordan Meyer e desenhada por Ulises Farinas; tendo em vista estas inserções nesta série me pergunto porque a mesma é tão subestimada... Ainda mais tendo em vista que na próxima edição todas as pontas soltas serão bem amarradas e A Concepção e sua Criadora ficarão frente a frente.

Antes de Vampiro Americano, há a preview de Flex Mentallo - O Homem Dos Músculos Mistério, das páginas 29 a 34, edição de luxo escrita por Grant Morrison e ilustrada por Frank Quitely (e em minha lista de compras, claro...).

"O Negociador" é a pausa necessária aos fãs de Vampiro Americano após  a euforia sanguinária de "A Lista Negra". Encontramos Abilena Book, ex-agente da Vassalos da Estrela da Manhã, recebendo nada amistosamente a visita de um enviado de sua ex-organização, Gene Bunting. Algumas informações sobre seu passado como agente são mostradas, mas o que vale mesmo é a visão que ela tem do tal Negociador e a aparição de uma estranhíssima criatura vampírica ao final. Esta história representou a pausa, nos Estados Unidos, da série, não o fim da mesma.

Vocalista da banda punk The Flak Jackets, Chris vomita ao mundo a sua anti-religiosidade, seu anti-cristianismo e a defesa total da liberdade de expressão em todos os sentidos. Contando novamente com o apoio de seu amigo e segurança pessoal da época do reality show do qual participava, Thomas, ele perigosamente ruma para uma atitude que poderá contar com seu sacrifício final pelo pensamento radical que defende. Punk Rock Jesus encaminha-se para o fim na próxima edição... E Chris, com sua banda, encaminha-se para Jerusalém, onde confrontará cristãos, judeus e muçulmanos... 

Adquiram esta edição, sejam inteligentes, Coveiros e visitantes! Ou preferem ler sempre as mesmices que a mídia divulga como "sensacionais", mas que na realidade são tudo um monte de merda crepuscular (sim, estou falando diretamente do lixo-saga Crepúsculo, meus amiguinhos e minhas amiguinhas!)? Leiam a Vertigo e sintam-se bem em meio ao que pode incomodar, é bom tudo que nos incomoda, tanto das piores como das melhores maneiras...

Saudações Inomináveis a todos vós, Coveiros e visitantes!

Escrito ao som de "Come As You Are", "Heart Shaped Box" e "The Man Who Sold The World", tocadas pela banda Nirvana.

 





Share:

0 Ossos Lançados:

Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Enterram-Se Nesta Cova:

Labels

Covas Recomendáveis

Parcerias

Meu Perfil No Facebook

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Recent Posts

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support