15 de julho de 2013

O Arquétipo Hecatiano Nas Sombrias Musas Dos Quadrinhos - Parte VI


V – Hecate Chthonia, A Subterrânea

Desçamos... Abandonemos as boas expectativas... Abandonemos as más expectativas... Apenas, Desçamos, apenas... Apenas, Descer, apenas... Apenas, Descendo, apenas... Esperemos, Descendo... Avancemos, Descendo... Fiquemos, Descendo... Saiamos, Descendo... Giremos, Descendo... Movimentos, Descendo... Momentos, Descendo... Desçamos, espetáculos em nosso Descer... Desçamos, pedaços de pedras com espinhos envenenados nos caminhos... Desçamos, Campeões Das Sombras aguardando nossa chegada... Desçamos, Campeãs Das Sombras nos oferecendo suas espadas... Desçamos, Espíritos Das Trevas nos conduzidos com seriedade e responsabilidade através de vulcões nefastos e selvas danosas... Desçamos, Degolados se aproximando para cumprimentos... Desçamos, Miseráveis se aproximando para abraços... Desçamos, Malditos se aproximando para para apertos de mão... Desçamos, Desgraçados se aproximando para beijos na boca... Desçamos, Cavaleiros Negros em Garanhões Das Trevas correndo à nossa frente... Desçamos, Amazonas Negras em Garanhões Das Trevas a acompanhar-nos lado a lado... Desçamos, uma gargalhada de Maria Padilha Das Trevas... Desçamos, uma permissão de Tata Caveira... Desçamos, uma vista do Diabo sentado em uma rocha fumando o seu cigarro... Desçamos, uma visita ao Leito De Lilith, que gera em novos partos novos Demônios... Desçamos, Satan sorrindo com vinho a cair de seus olhos... Desçamos, Lúcifer Iluminando Os Subterrâneos... Desçamos, Pérsefone Fazendo Férteis Os Subterrâneos... Desçamos, Hades Governando Parte Dos Subterrâneos... Desçamos, Hecate Governando Todos Os Subterrâneos... 

Hecate Chthonia, A Subterrânea, A Senhora Imperial Dos Subterrâneos Da Criação, A Mãe Dos Infernos, A Mãe Dos Abismos, A Mãe Do Caos, A Mãe Velando Pela Escuridão Toda Que Permeia Os Recantos Automanifestados De Tudo Que Havia Antes Da Luz Criar Todas As Coisas Em Cópula Com A Escuridão. Mistérios Noturnos A Serem Vistos. Mistérios Noturnos A Serem Cultuados. Mistérios Noturnos A Serem Seguidos. Mistérios Noturnos A Serem Revelados. A Deusa Hecate em sua Face que mais impressiona a este Inominável Ser que vos escreve e, talvez a muitos que aqui estiverem a ler este artigo. Dobrando as esquinas, redobrando as esquinas, nas Encruzilhadas Existenciais, nas Encruzilhadas Cósmicas, nas Vias, nas Vielas, nas Estradas, em todo Local onde haja um resquício sequer de pequena ou de grande sombra, Hecate Chthonia pode nos mostrar a segura forma da segura descida aos Subterrâneos. Como Dante, em Visões, Desceu aos Infernos na Divina Comédia, podemos Descer também aos Infernos e ir mais além dos Infernos e de outros sombrios recantos da Criação... Vampirella, Lady Death, Lady Demon, Purgatori, Chastity, todas as sombrias musas, enfim, sob a proteção poderosa desta Face de Hecate, que também pode ser, quando quer, A Deusa Escuridão. As sombrias musas Descem aos Subterrâneos, tantos de suas almas quanto das almas daqueles com os quais se relacionam ou combatem, sem os temores vãos dos fracos e mornos que temem olhar para as Escuridões Universais. Lemos os Subterrâneos em todas as histórias de Terror e de Horror, como réquiens de dolorosas conseqüências, como poesias de angustiosas demências, como textos de iluminadoras essências. Conhecer os Subterrâneos e os Seres que neles habitam, mantendo a sanidade, mantendo a coroa da sanidade mais perfeita, intacta, exige uma talentosa capacidade de adaptação e de exigentes afinidades para com as histórias lidas que se refiram a Eles. Representantes diretas e fiéis de tais Seres, Representantes De Hecate Chthonia, primeiramente, as sombrias musas não temem O Véu De Dejanira e nem O Veneno Da Serpente e, muito menos, O Toque De Leonardo e O Beijo De Asmodeus e A Face Da Medusa. Do Mundo Da Imaginação ao nosso mundo, nas revistas em que as suas histórias são descritas conforme narradas são aos autores das mesmas por elas, identificamos toda uma similaridade de apegos narrativos ao tocar, mesmo que de leve, mesmo que, como já dito, inconscientemente, nos Subterrâneos. Transitam nas histórias Deuses Sombrios, Entidades Sombrias, Vampiros, Demônios, Espíritos Das Trevas Embrutecidos, seres humanos que são mais próximos a todos estes do que aos que se dizem “civilizados”, mas que, no fundo de suas “almas civilizadas”, possuem um instinto capaz de dilacerar bebês se cultivado por motivos particularmente bestiais... 
 
São especificamente atraentes, aos que Sabem neles Descer e Ascender sem darem margens aos seus apelos mais bestiais, os Subterrâneos. Todo leitor ocultista, se quiser, pode ser capaz de anexar ao seu Eu parcelas dos Subterrâneos em leituras mais aproximadas de rituais e acessar os Subterrâneos apenas focalizando as Formas-Pensamento dos personagens que lhe rodeiam no momento da leitura. Como dito no início deste artigo, todos os personagens dos quadrinhos, e de todas as mídias culturais e de entretenimento, Existem no Mundo Da Imaginação. Mais do que Existir, Resistem ao esquecimento e ao atrofiamento que acomete a muitos Seres de tal Mundo. Mais do que Resistir, Insistem em seu próprio Existir, a fim de que as suas Formas-Pensamento cheguem até novos realizadores de suas histórias de geração a geração. Os personagens inspirados nos Seres dos Subterrâneos, porém, são muito mais resistentes e fascinam, mesmo que poucos leitores, de geração a geração. As sombrias musas, inspiradas a seus criadores por diversos Seres Subterrâneos do Princípio Feminino a transitarem nas Esferas Hecatianas, são explicadas, aqui e agora, então, pelo fascínio que causam em seus amantes e admiradores deste nosso mundo. Chastity, por exemplo, Vampira, sugando as energias de seus leitores, fortalecendo-se com as energias de seus leitores, Existindo assim, em força conjunta com o Existir dos seus leitores. Chastity, Vampira, em comunhão com os sentidos e os instintos de seus leitores, dos Subterrâneos determinados existentes no Mundo Da Imaginação aos Subterrâneos existentes nas almas de seus leitores, os quais recriam, em suas inocentes leituras, os mesmos esquemas de existências a mais que se revelam no Imaginar. Chastity, Vampira, apoiada em cada jugular, Real em cada jugular, Ying, Yang, os dois Princípios, Positividade, Negatividade, servindo ao Poder Imaginativo de seus leitores, tanto os consceintes de sua Existência Real no Mundo Da Imaginação quanto pelos que sequer suspeitam de tal Existência. Chastity, Vampira, entregue ao Imaginar de seus leitores, suspensa no Imaginar de seus leitores, girante no Imaginar de seus leitores, gigante no Imaginar de seus leitores. Chastity, Vampira, tocando no tocante imaginativo de seus leitores, realizadores, conscientes ou inconscientes, de seu Realizado Ser. 
 
Chastity, nos Subterrâneos... 
 
Sombrias paragens... 
 
Sombrias musas, Verdadeiras Passagens...

Links:
Share:

0 Ossos Lançados:

Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Enterram-Se Nesta Cova:

Blog Archive

Labels

Covas Recomendáveis

Parcerias

Meu Perfil No Facebook

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Recent Posts

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support