1 de março de 2010

Vampiros Espirituais: Uma Abissal Elementar Capital Verdade - Parte V


(...)O Vampirismo pode provir do enfeitiçamento praticado na Terra através de objetos preparados no rito da Bruxaria ou ser facilitado pela imprudência das criaturas, que vivem em desacordo com os princípios sadios da vida espiritual. Durante o sono, quando o corpo descansa e dispensa maior soma de energias, polariza-se, justamente à altura do cerebelo, certa quantidade de tônus vital ou emanação de éter físico do duplo etérico impregnado de 'prana', cujos peso específico e frequência vibratória dependem muito das atitudes mentais e dos sentimentos assumidos durante o dia. No caso de irreflexões, violências ou desarmonias mentais ocorridas no estado de vigília, esse 'tônus' será mais grosseiro e denso, tornando-se sensível e vampirizável pelo mundo astral inferior. Mas se houve equilíbrio psiconervoso e comportamento evangélico, durante o dia, a exsudação vital se processa em frequencia ou campo tão sutil, que se sobrepõe a qualquer ação menos digna do Além. As turbações mentais e emotivas são impactos ofensivos na contextura delicada do períspirito, e repercutem também na fisiologia do duplo etérico ou corpo vital do homem. Em geral, o chacra ou centro de forças frontal, quando é perturbado por impactos mentais violentos, também se desarmoniza com a função vitalizante do chacra esplênico, à altura do baço, encarregado da purificação sanguínea, resultando um extravasamento de tônus vital facilmente absorvível pelos Vampiros!


A energia vital adulterada durante o dia pelo descontrole emocional e mental do homem também adensa-se à superfície dos 'plexos nervosos' dos chacras esplênico, cardíaco e genésico, refluindo para a zona do cerebelo por atração de comando e onde o espírito exerce a sua maior atividade pensante e ali se coagula como a nata do leite!(...)”



O processo vampirizante se coaduna com o desequílibrio emocional nosso, no qual permitimos a entrada de todo aquele que quer e pode consumir o nosso tônus vital, conforme dito acima por nosso Guia Ramatís à página 233. Um enfeitiçamento eficaz suga a energia, pouco a pouco, dia após dia, do vampirizado, culminando no total abandono de toda vitalidade do mesmo. A conduta, a mais correta conduta, contra as ações vampíricas, consiste em manter-se vigilante e em constante oração. A oração, aqui entendida como observação dos movimentos internos mais silenciosos e não como um ato religioso, funciona à velocidade da luz contra toda atividade sugadora de vitalidade; mas, a oração ao modo religioso, um pedido à Divindade por forças e motivações para as diárias batalhas, igualmente proporciona uma barreira contra todos os Vampiros Espirituais, pois a melhor defesa



(...)é a conduta moral superior, que se fortalece pelo equilíbrio mental e emotivo. Enquanto os estados pecaminosos geram fluidos nutritivos para os Vampiros do Astral Inferior, as virtudes próprias das emoções e dos pensamentos sublimes são a cobertura protetora contra o Vampirismo.(...)”



Algo, acima, dito na página 232, que assim continua, uma observação cabível não apenas aos cristãos, mas a todos que reconhecem ao Cristo desta nossa Terra e ao seu médium revelador nesta, Jesus, Altos Patamares Espirituais:



(...)Na verdade, a melhor proteção contra os Vampiros do Além ainda provém da integração do Homem à vivência incondicional dos preceitos de Cristo-Jesus, pois a cristificação vacina contra quaisquer práticas de Vampirismo, Obsessão e Bruxaria! Sabe-se, até hoje, que jamais as vibrações agressivas e mórbidas de processos enfeitiçantes puderam atingir ou modificar o campo vibratório de alta frequencia espiritual de Jesus, Buda, Francisco de Assis e outros luminares!(...)”



Sem querer converter a algum de vós, cadáveres leitores, nesta quinta e última parte do artigo que ora estais a lerdes, a inclusão da parte do livro de Ramatís acima configura-se uma sugestão válida para todos que reconhecem ao Cristo e a Jesus como Grandes Iniciados e Grandes Iniciadores. Falo aos ocultistas, aos estudantes de Ocultismo (como eu) e aos que, pela ação da mais pura inteligência psicoespiritual, atentam-se ao infinito valor existencial Daqueles dois Grandes Seres. E não considero estranho falar em um blog voltado para assuntos obscuros em Entidades Elevadíssimas e no Verdadeiro Deus, pois somos todos, Vampiros e não-Vampiros, Filhos Deste. E diante do Gerador Da Vida, os criminosos do Astral Inferior, como os Vampiros que podemos livremente denominar, com muita propriedade, de Bestiais (já que se direcionam para a mais baixa das Colunas Da Existencialidade), curvam-se temerosos e derrotados. Reconhecer O Um, Pai E Mãe Da Criação, Revelado a cada Ser conforme o seu desenvolvimento espiritual, configura-se um passo grandioso em direção a uma autoproteção a mais eficaz contra o Vampirismo Espiritual mais aterrador e tenebroso. Aqui não é um crente simplista e simplório moldador de um “Deus Único vingativo e terrível” quem fala, mas um Inominável Ser crente em Um Pai Que Também É Mãe e que a todos os Seus Filhos quer bem, cadáveres leitores; e, sob a permissão do Um, este artigo de esclarecimento, este artigo de alerta, ao mundo está sendo doado. Caberá a cada um que ler a este artigo defender-se caso saiba que está a ser espiritualmente vampirizado, da forma que quiser, recorrendo ao Verdadeiro Deus ou a Entidades Astrais bem abaixo Dele, as quais possam ser 100% confiáveis; se não forem confiáveis, serão Vampiros Espirituais falsamente agindo contra outros Vampiros Espirituais seus irmãos, vampirizando-os ainda mais... A defesa contra tais Seres, então, torna-se um problema de cada um, algo bem distante da esfera deste Inominável Ser aqui a escrever e esclarecer.


Há comunidades vampíricas astrais que visam apenas ao Mal, apenas aos atos mais abomináveis, como neste artigo foram abordadas; outras, porém, exercem papéis de maior existencial elevação. Porém, este assunto futuramente poderá fazer parte de um futuro artigo.


Saudações Inomináveis a todos vós, cadáveres leitores.



Share:

0 Ossos Lançados:

Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Enterram-Se Nesta Cova:

Blog Archive

Labels

Covas Recomendáveis

Parcerias

Meu Perfil No Facebook

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Recent Posts

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support