26 de dezembro de 2009

Os Desenvolvimentos Internos Dos Magistas Noturnos



Inomináveis Saudações a todos.

A Magia Noturna, agindo conjuntamente com a Quimbanda, a Umbanda, a Licantropia Real, o Vampirismo Real, o Hermetismo, a Kabbalah ou qualquer outra Linha Iniciática, seja do Caminho Da Mão Esquerda, seja do Caminho Da Mão Direita, pois pode adaptar as técnicas e ritos de tais Linhas, pretende que uma impulsão de diversos e variados dimensionamentos de desenvolvimentos internos sejam por nós sentidos nos graus próprios referentes aos seus surgimentos. As divisões das capacidades que possuimos adormecidas e que a prática dos Rituais movimenta em ritmos de acelerações máximas de descobrimentos e continuismos de interiores descobertas ficam abertas como que em um leque amplo de possibilidades. As possibilidades calculamos qual matemáticos diante de equações de elaboradas naturezas, pois o cálculo de qual Ato Mágico, para ser bem efetivado, para Movimentar as Energias Espirituais as quais evocamos e invocamos, precisam de bases arraigadas em precisas manipulações das qualidades, quantidades, pesos e contra-pesos de cada fundamento do Ato. As equações internas previamente ajustadas, o altar e as velas acesas, a concentração permanente no objetivo necessário ao Ritual, o excelentismo que nos permite a profunda habilidade na concentração de nossos exímios passos ritualísticos, moldam uma plena condição de operacionismos externos e internos. Concentração exercitada e adquirida no momento do Ritual pode, sim, ser assimilada na observação de cada um dos nossos desenvolvimentos internos. Desenvolvimentos estes que requerem todos os mais altos recursos de nossas respectivas inteligências, fundamentais no percorrer da Estrada Existencial na Multiplicidade Do Que Somos, Do Que Fomos E Do Que Seremos.

O Plano Interno recebendo nossa atenção exclusiva impulsiona-se a Revelar-Se cada vez mais em nossa Caminhada Oculta. Antes de mais nada, a Grande Noite, seus Mistérios e seus Véus requerem que as próprias Profundezas de nossas Almas Eternas, de nossos Espíritos Eternos, sejam estudadas e externadas em nossas faculdades todas nos Ritualismos. Para cada Magista Noturno haverá uma Gnose própria desenvolvida por ele mesmo, se assim o quiser, pois muitos seguem as Tradições ou elaboram seus Rituais com base nestas Tradições. No caso dos Magistas Noturnos que optam pelo desenvolvimento de seus próprios Caminhos Ritualísticos, respeitando, entretanto, as Tradições Antigas, o estudo do que para si quer desenvolver deve ser a principal fonte de contextos e conteúdos que possa abrir em sua plenitude de descobrir a si mesmo. O Si Mesmo, O Ser, operado conjuntamente nas horas e mais horas de estudo aliado a uma Consciência Desperta dos efeitos desses estudos em seu Organismo Espiritual, em seus Veículos Ocultos, em seus Mecanismos Mentais, fazendo cada um destes atuar em uníssono, vibrando-os ao mesmo tempo em que debruçado sobre os seus livros abre um sorriso diante das percepções de que tudo assimilado se abre como equações resolvidas e prontas para serem utilizadas em eficientes empreendimentos. O Si Mesmo, O Ser, quando Completo, quando Verdadeiramente Completo, elabora Outras Completudes que apenas podem servir ao propósito mesmo das mais altas distribuições de efeitos dos Atos Mágicos praticados.

Todos os Magistas Noturnos terão diferenciadas formas de agir em seus passos de observação e trabalho com relação aos seus desenvolvimentos internos. Não há uma regra fixa, uma regra imutável, uma regra especificamente centrada em apenas uma via de passos. A Noite Interior, os Recantos D'Alma Dotados De Véus E Mistérios Que Ainda Estão Obscurecidos, é um Campo de atuações vasto, infinito, de sutil Roupagem, de sutis Mensagens, de sutis Ações, de sutis Reações, de sutis Leis, de sutis Governos, de sutis Anarquias, de sutil Ordem, de sutil Caos, de sutil Espaço, de sutil Tempo, de sutil Atemporalidade, de sutil Não-Espaço, de sutil Todo, de sutil Nada. É uma Criação Interior Girando, Girando, Girando... É uma Criação Interior Movendo-Se, Movendo-Se, Movendo-Se... É uma Criação Interior Chamando, Chamando, Chamando... É uma Criação Interior que explico melhor com um trecho de um dos meus livros:


Veja O Brilho, Beria... Sinta O Fogo, Beria... É A Força Automanifestada Da Mãe Darzh Anreteniud Fluindo Em Sua Alma Eterna E Explodindo A Cada Milionésimo De Segundo Do Tempo Todo Da Criação Nas Esferas De Todas As Almas Eternas De Halogerdamon Nascidas E Na Matéria E Na Imaterialidade Dispersas... Pense Nas Coisas Mais Belas E Sorria... Pense Nas Coisas Mais Tristes E Chore... Mas, Sorria E Chore Com Ardor... O Universo De Todas As Coisas Verdadeiras É A Chama Que Brilha Nos Iniciados... Que Tu, Filha Do Raio, Vê... E Sente... E Almeja... E Alcança... E Ama... E Gera... E Prende... E Liberta... Dentro De Ti, Filha Do Raio, Galáxias Movem-Se... Universos Respiram... Criações Adormecem... Incriações Choram... E O Poder Do Sangue Eterno De Thades Cresce A Cada Dia No Qual Tu O Sentes No Terrestre Círculo Evolutivo De Espíritos Encarnados Movidos Por Almas Eternas No Qual Caminhas... Caminhes Sem Pressa... Caminhes Sem Lentidão... Caminhes Com Pressa Na Lentidão... Caminhes Com Lentidão Na Pressa... Corra... Pare... Não Corra... Não Pare... Veja, Beria... Sinta, Beria.... O Que Nasce Grande Na Alvorada Da Criação Orgulhosamente Morre... E Ao Ver O Pequeno Raio Ascendente E Descendente Da Mãe Darzh Anreteniud Eterniza-Se Em Todo Renascer... Contigo Fostes Assim... Orgulhe-Se Disso Como Se Tu Fosses Uma Pequena Morta Para Todas As Grandes Alvoradas... Morras Sempre Quando Pensares Que Viva Estás... E Nunca Te Enfraqueças Na Arrogância E Na Prepotência Dos Trovões Eternos Das Obscuridades Que Quererão Fazer-Se Sonoras Em Vosso Ouvir... Em Vosso Não-Ouvir... Veja, Beria... Sinta, Beria... Imperatriz Keauriotheniana Última Dos Filhos De Thades Ocitilop Shodolon Beria Serah... Viva Na Intensidade Da Fúria De Todo Seu Poder Existencial No Raio A Cair E A Ascender... O Poder Eterno De Thades... O Poder Do Eterno Raio Teu... Veja, Beria... Sinta, Beria... Veja... Sinta... Veja... Sinta... Veja... Sinta... Beria... Beria... Beria... Beria... Beria... Beria... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio... Filha Do Raio...



O Raio Interno, não o Trovão das nossas insanidades, erros e preconceitos, deve prevalecer. Raio Interno que pode Cair E Ascender em nossa Caminhada Noturna, no mais natural agitar de nossas naturais capacidades de sobrevivência, na busca de energias dispersas pelos humanos espaços e que os seres comuns desperdiçam, O Raio Noturno. Raio Interno que pode Cair E Ascender nas horas de estudo, o esudo do externo, o estudo do próprio Interno, estudo este dos nossos próprios desenvolvimentos internos, O Raio Dos Iniciados. A Criação em nós com seus Univeros, Planos, Realidades e Mundos; assim como a Criação toda formada por Universos, Planos, Realidades e Mundos fora de nós, é o Santuário Sagrado dos nossos desenvolvimentos internos. Estudando a Criação Interna, estudando a Criação Externa, adentramos, enfim, no Raio Do Conhecimento. E, para Caminharmos na Senda que escolhemos, Coveiros, precisamos Dele, que agita cada desenvolver nosso, que inspira os pequenos e grandes feitos do desenvolver nosso.

Saudações Inomináveis a todos.
Share:

0 Ossos Lançados:

Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Enterram-Se Nesta Cova:

Blog Archive

Labels

Covas Recomendáveis

Parcerias

Meu Perfil No Facebook

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Recent Posts

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support