15 de dezembro de 2009

Lilith - A Grande Fêmea Da Criação - Parte II



Lilith - Autoria Desconhecida


Ergas teu véu,
Mulher,
Sinta-te na tua
Morada corporal
Como a Deusa que tu és,
Sem temores das falácias,
Sem tremores nas faces,
Sem rumores fracos
Nos lábios.

Ergas tua alma,
Mulher,
Sejas como eu
Em todas as soberanias
Das Negras Sombras Lunares,
Participando Do Morrer Que Vale,
Participando Do Viver Que Acolhe.

Ergas tua alma,
Mulher,
Sejas como eu,
Sejas como Lilith,
Lilith que não é nada triste,
Lilith que não é nada submissa,
Lilith que não é nada apequenada,
Lilith Que É Guerreira,
Lilith Que É Imperatriz,
Lilith Que Se Governa!

Ergas tua alma,
Mulher,
Venhas para mim,
Venhas até mim,
Sejas o que sou,
Cada homem deve saber
Que O Feminino Crepúsculo
É A Fonte Do Verdadeiro Gerar
De Toda Coisa,
De meu Útero
Nascem As Estrelas Cadentes,
De vossos úteros
Podem nascer também
As Verdadeiras Estrelas,
Que como eu Caíram
A fim de iluminarem
As trevosidades danosas
Da Materialidade!

Ergas tua alma,
Mulher,
Tu és mais do que
Aquilo que tens
Entre as pernas,
Tu és mais do que
Aquilo que te faz
Ficar abaixo de um homem
Na cama,
Tu És Lilith,
Eu Sou Todas Vós
Quando A Lua Canta
Nas Vestes Sutis
Da Grande Noite
E As Verdadeiras Correntes
Liberam O Poder
Da Feminilidade
Fazendo Então De Toda Mulher
A Grande Fêmea
Que Sou Por Toda Mulher!




Inomináveis Saudações a todos!

Antes de qualquer definição do histórico mitológico e dos ritos dedicados a Lilith, perguntas fazem-se necessárias quanto ao denominá-la Grande Fêmea Da Criação. Uma denominação oriunda dos contatos deste Inominável Ser com Ela através da Poesia e da Literatura; uma denominação nascida da mesma forma autodidata de contato com as Forças Primordiais Da Criação, a forma através do poetizar e do escrever. Portanto, estas perguntas resoam retumbante:

O que defina uma Grande Fêmea Da Criação?

O que é ser uma Grande Fêmea Da Criação?

O que define A Grande Fêmea Da Criação?

O que é Ser A Grande Fêmea Da Criação?

Lilith assim é A Grande Fêmea Da Criação por dominar os instintos sexuais mais livres de regras e de preconceitos sociais?

Lilith é A Grande Fêmea Da Criação por ter desafiado Elohim em nome de sua Vontade De Ser Si Mesma?

E mais:

Lilith é uma Deusa?

Lilith pode ser considerada uma Deusa?

Lilith pode participar do Concerto Cósmico Dos Deuses?

Lilith considera-se uma Deusa?

Lilith participa do Concerto Cósmico Dos Deuses?

E a mais importante de todas as possíveis e imagináveis interrogações:

LILITH SE IMPORTA COM NOSSAS INTERROGAÇÕES E EM SER ALGUMA COISA QUE POSSAMOS DEFINIR DE TODA FORMA E DE TODA MANEIRA?

A mais clara resposta é esta: NÃO!!!

Ela vem a brincar. Ela vem a ser séria. Brinca com nossa consciência. É séria querendo que tomemos uma tomada de consciência. Ela se dirige, nos versos acima, às mulheres; porém, vibra nos homens O Poder Do Princípio Feminino Da Criação, e os versos a estes também é direcionado. Direcionado aos homens, claro, não no mesmo sentido do que é para as mulheres e, sim, no sentido de que o masculino deve valorizar o feminino, podendo, assim, haver um equilíbrio necessário aos mecanismos todos das Coisas Da Criação. Lilith alerta-nos e impulsiona-nos na vertiginosa caminhada rumo ao Equilíbrio, fazendo com que nos tornemos cada vez mais livres das interrogações, livres das opressões, livres das internas e externas deteriorações do viver humano com todas as suas limitações e demasiadas implicações. Sendo Mãe Consciente De Si Mesma, Lilith é um Arquétipo que principia por nos instigar na execução da nossa libertação, correspondente às Ocultas Marés Da Lua Negra, que percorrem o nosso Eu de um modo integrado com o lento e rápido desenvolver despertador da nossa Verdadeira Consciência. E essa Fêmea, essa Grande Fêmea, Senhora Libertadora Que Libertou-Se De Sua Escravidão Primordial Para Nos Ensinar Os Verdadeiros Passos Que Devemos E Podemos Dar, não mais brinca e nem mais é séria quando nos ensina que a nossa reação correta aos Seus Mistérios não é conhecê-La ou defini-La; ao contrário, a reação correta à Sua Influência é SER O QUE ELA MESMA É NOS ARCANOS OCULTOS DA CRIAÇÃO FAZENDO A NEGRA CHAMA DE TODO VERDADEIRO DESPERTAR!

Saudações Inomináveis a todos!





Sea Of Creatures - Boris Vallejo
Share:

0 Ossos Lançados:

Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Enterram-Se Nesta Cova:

Blog Archive

Labels

Covas Recomendáveis

Parcerias

Meu Perfil No Facebook

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Recent Posts

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support