28 de maio de 2009

The Cruxshadsows







TEARS


Reaching out in dead of night
Emptiness by candlelight
Memory, a haunted sea
Souring in sudden rage

The damage plagued upon my love
Driven by this selfish urge
To separate yourself from me
But not the way you planned

The gambit flow of shifting thought
She´ll write a kiss upon my cross
And with each moment of despair
Lay to heart a lovely tear

Within each bone the salty sea
Swims; an ocean silently
Swims; the forest of my dreams
Swims; the essence i call me

Come bringing back now can´t explain
The measures swept away in pain
Hatred , will i escape your grasp?
Buried feelings let me pass

I cannot kill this final flame
The fire that once consumed my heart
But hope must have some kind of fuel
And chance must keep this fire


The gambit flow of shifting thought
She´ll write a kiss upon my cross
And with each moment of despair
Lay to heart a lovely tear

Within each bone the salty sea
Swims; an ocean silently
Swims;the forest of my dreams
Swims; the essence i call me

(sample interlude)
Reduced to ashes we run colder on the outside. A spartan hope that dwindles near the source of this contempt what was my hopeful certainly for the future returned upon my desperation and difficult memory, besides wasted moments, whose questions are not resolved ? Simple things went un-adressed, until such time as they could only pass away. Losing you shall (forever mark my breast , injury knows no justice)


The gambit thought ...
The gambit flow...
The gambit...

The gambit flow of shifting thought
She´ll write a kiss upon my cross
And with each moment of despair
Lay to heart a lovely tear

Within each bone the salty sea
Swims; an ocean silently
Swims; the forest of my dreams
Swims; the essence of my being


The gambit flow of shifting thought
(Swimming out the tears in my eyes)
She´ll write a kiss upon my cross
(looking for the shore)
And with each moment of despair
(I hope that this is the last time)
Lay to heart a lovely tear
(I hope that this is the last time)


Within each bone the salty sea
(Swimming out the tears in my eyes)
Swims, an ocean silently
(Looking for the shore)
Swims; the forest of my dreams
(I hope that this is the lat time)
Swims; the essence of my being
(I hope that this is the last time)

The gambit flow of shifting thought
(Swimming out the tears in my eyes)
She´ll write a kiss upon my cross
(Looking for the shore )
And with each moment of despair
(I hope that this is the last time )
Lay to heart a lovely tear
(I hope that this is the last time )

Within each bone the salty sea
(Swimming out the tears in my eyes )
Swims; an ocean silently
(Looking for the shore)
Swims ; the forest of my dreams
(I hope that this is the last time)
Swims; the essence of my being
(I hope that this is the last time)



Na noite cerrada
Com o vazio numa vela
A memória um mar assombrado
Numa raiva súbita

Praga estragada sobre o meu amor
Guiado por esta vontade egoísta
Para te separar de mim
Mas não da maneira que planejaste

A fluidez da tática
Vai escrever um beijo sobre a minha cruz
E em cada momento de desespero
Deixa cair no coração uma doce lágrima

Dentro de cada osso o mar salgado
Nadar; num oceano silencioso
Nadar; na floresta dos meus sonhos
Nadar; a essência que chamo a mim

Voltando agora não posso explicar
As atitudes varridas pela dor
Ódio será que consigo fugir ao teu abraço?
Sentimentos enterrados deixam-me passar

Não consigo acabar com esta chama final
O fogo que uma vez consumiu o meu coração
Mas a esperança deve ter algum tipo de combustível
A oportunidade tem de manter este fogo

A fluidez da tática
Vai escrever um beijo sobre a minha cruz
E em cada momento de desespero
Deixa cair no coração uma doce lágrima

Dentro de cada osso o mar salgado
Nadar; num oceano silencioso
Nadar; na floresta dos meus sonhos
Nadar, a essência que chamo a mim

Sample interlude
Reduzidos a cinzas, arrefecemos no exterior. A esperança Espartana que se aviva perto da fonte indesejada e sem importância. O que foi a minha certeza desejada para o futuro voltou com o meu desespero, a memória apagada, para além dos momentos perdidos os quais as perguntas não foram respondidas. As coisas simples não foram direcionadas... até que o tempo passasse por elas. Perder tu vais (para sempre marcar o meu peito, os ferimentos não conhecem justiça).

A fluidez da tática
A tática a fluir
A tática...

A fluidez da tática
Vai escrever um beijo sobre a minha cruz
E em cada momento de desespero
Deixa cair no coração uma doce lágrima

Dentro de cada osso o mar salgado
Nadar; num oceano silencioso
Nadar; na floresta dos meus sonhos
Nadar; a essência que chamo a mim

A fluidez da tática
(Sairam para fora as lágrimas dos meus olhos)
Vai escrever um beijo sobre a minha cruz
(À procura da margem segura)
E em cada momento de desespero
(Espero que esta seja a última vez
Deixa cair no coração uma doce lágrima

Dentro de cada osso o mar salgado
(As lágrimas dos meus olhos sairam para fora)
Nadar; num oceano silencioso
(Á procura da margem segura)
Nadar; na floresta dos meus sonhos
(Espero que esta seja a última vez)
Nadar; a essência que chamo a mim
(Espero que seja a última vez)

Tradução Por Elektra



Inomináveis Saudações a todos.

Apresento aqui neste tópico o The Cruxshadows (ou Crüxshadows, como em alguns sites aparece escrito), que alguns de vocês devem conhecer. Trata-se de uma superbanda, megabanda, ultrabanda, de Darkwave (este estilo da Música Gótica vem a ser o meu preferido, por sinal). Suas melodias, seu carisma, sua força nas canções e as grandes atuações nos palcos fazem da banda a que mais nos remete a fortes simpatias. Seus membros são disponíveis a todos os fãs e sua proximidade com o seu público gera uma intimidade que dificilmente existe entre bandas e seus respectivos admiradores.

O The Cruxshadows apresenta letras com essência, profundidade e alma, unidas a um misticismo peculiarmente intrigante, como a postada acima. Da mesma escola do Collide, Sopor Aetrnus & The Ensemble Of Shadows, Diary Of Dreams e muitas outras bandas raras, o The Cruxshadows nos remete a momentos brilhantes de melancolia, dor, desespero, angústia, todos expressos na letra de Tears. Quantas letras das bandas fora da cena à qual pertence o The Cruxshadows possuem tanta força e profundidade e habilidade em emocionar ao tocar-nos n'alma? Quantas letras assim, como a de Tears, estão assim disponíveis para serem ouvidas nas rádios? Algumas? Ou seria nenhuma? Nenhuma, conforme a minha mais modesta, sincera e inominável opinião.

A banda foi formada no norte da Flórida no ano de 1992. Contando com um staff de dezessete membros, como verão na biografia a seguir, é uma banda de Darkwave. Os membros principais são Rogue, Rachel McDonell, George Bikos, Jessica Lackey, Sarah Poulos e Pyromantic. A seguir, a biografia da banda traduzida pela Coveira Elektra.





Uma das mais populares bandas de Darkwave. Surgiram no inicio dos anos 90 numa pequena cidade do Norte da Flórida .Nos últimos 15 anos o seu sucesso entre o gênero gótico, EBM, New Wave, Dark Electronic granjeou-lhes quase um status de lenda.

A sua batida de Rock Electrônico e letras introspectivas rapidamente conquistaram uma legião de fans, não só nos EUA como por toda a Europa. Com um ambicioso e constante ritmo de lançamentos e atuações ao vivo a um ritmo alucinante mantiveram a sua posição de elite ano após ano. Já atuaram centenas de vezes por todo o mundo, incluindo
a Noruega, Suécia, Escócia, Irlanda, Inglaterra, Bélgica, Holanda, Polônia, França, Hungria, República
Tcheca, Alemanha, Aústria, Suiça, Itália, Dinamarca, Portugal, Grécia, Lituânia, Latvia, Luxemburgo, México, Canadá, EUA, China,
entre outros. Foram uma das primeiras bandas do Ocidente a atuarem na
Romênia e na Sérvia após a Guerra Fria. Durante 2006 e 2007 fizeram uma
tournée de 1 ano que cobriu a América do Norte, Europa e algumas partes da
Ásia. Foram a primeira banda do género gótico a receber autorização para
atuar na China. E em 2007 foram das poucas bandas do Ocidente a atuarem no
"Greenpeace Midi Open-Air Festival" em Beijing (China).

Ao longo dos anos tiveram vários singles nos tops, as suas atuações atraem
milhares .De facto em 2005 os Cruxshadows foram cabeça de cartaz no" Free
4-day Bochem Total Festival" na Alemanha que no total dos 4 dias reuniu um
total de um milhão de pessoas.
Presentemente nos EUA a banda tem 2 hits na tabela de vendas em 2006 o
single "Sophia" (nº1 do Hot dance singles, nº7 no Hot singles) e mais
recentemente em Setembro de 2007 com o single "Birthday" (nº1 Hot dance
singles ,nº2 Hot singles. Ambas as músicas são do album "Dreamcypher"de 2007.
Numa mistura de New Wave, Gótico, Pop, Rock e Electronic com canções únicas e
cativantes, os Cruxshadows tornaram-se marcos do Darkwave e da cena
alternativa. Temas notáveis como "Leave me alone"considerado o single de
todos os tempos; "Eurydice", que esteve 2 anos consecutivos no top das 10 mais
das tabelas de New Wave; "Deception", que originalmente fazia parte do cd do
clube Succubus ("Succubus Club Disc") Vampire Masquerade e que foi gravado
em inglês e alemão."Winterborn"(nº2 DAC), "Dragonfly"(nº2 DAC), "Tears"(nº2 DAC)", Helen, Return, Resit/r, Foreverlast"(nº4 DAC), "Monsters"(nº2 DAC), "Marylin, my bitterness" (nº2 DAC).

A originalidade e estatuto único transcende a dança, o rico e romântico
sabor do violino eléctrico misturado com o troar e por vezes amargo som da
guitarra dá aos Cruxshadows um sem número de possibilidades
musicais. Justaposto com o frio mundo digital de texturas eletrônicas e
sintetizadores associados ao Synth-Pop e EBM. Adicione o humor e estilo
incontrolável e imprevisível do front man, vocalista principal, compositor e
fundador da banda Rogue e temos a garantia que esta banda é tudo, menos
tradicional.
As canções dos Cruxshadows são imediatamente reconheciveis. Liricamente, vão
desde a mitologia antiga e tendem a focar-se em temas de
responsabilidade, lealdade, paixão e fé. O mote da banda
é: "LIVE, LOVE, BE, BELIEVE" (Vive, Ama, Sê, Acredita) e serve como lembrança de que os Cruxshadows podem escrever canções que ficam no ouvido, a banda tem uma profundidade que se estende para além da pista de dança. Esta profundidade grajeou muitos fans entre o universo literário, incluindo
notáveis como Caitlin Kiernan, John Ringo, Neil Gaiman. Os Cruxshadows
escreveram uma canção baseada no filme de Gaiman "Mirror Mask" chamada "Wake
the white queen" que Gaiman incluiu no seu cd "Where´s Neil when you need
him?"

Com 14 CDs editados, um DVD, e um incontável nº de compilações, os
Cruxshadows construiram-se a si próprios sinónimo com uma nova raça de
música Electro-Goth.
A sua energia e intensidade em palco conduziram-nos a serem chamados de "a
melhor banda ao vivo na Europa" nos dias de hoje pela "Hamburg´s Popular
crazy clip show" e as suas atuações surgem regularmente na televisão
nacional alemã.
As canções de Cruxshadows aparecem no ABC World News, National Geographic
television, The style Channel, MTV e muitas outras incluindo na Europa e Ásia.
Em 2005 os Cruxshadows foram votados a 5ª melhor banda no EBM/Darkwave da
cena gótica industrial de todos os tempos numa recente votação conduzida pela
Wave Gothic Treffen na Alemanha.
Se tiverem oportunidade de ver os Cruxshadows ao vivo, não percam. Conhecidos
pela sua teatral, no entanto sincera, apaixonada e excitante atuação, os
Cruxshadows são sem dúvida únicos!
Com mais de 15 anos de história os Cruxshadows actuaram com um vasto leque
de nomes sonantes tais como: The Cure, Björk, Ladytron, Apoptygma
Berzerk, Placebo, Sisters of Mercy, Skinny Puppy, VNV Nation, Mesh, Bad
Religion, Clan of Xymox, Tool, The Jesus and Mary Chain, 69
Eyes, Covenant, Project Pitchfork e muitos outros.


MEMBROS ATUAIS:

ROGUE- vocais, composição, programação, letras, teclados, algum violino,
front man
GEORGE BIKOS- guitarrista
PYROMANTIC- teclados

BAILARINAS ACTUAIS:
Jessica Lackey -dançarina, coros
SARAH POULOS - dançarina, coros

MEMBROS ANTERIORES:

RACHEL MCDONNELL- violino e teclados
CHRIS BRANTLEY- teclados
STACEY CAMPBELL- guitarrista
SEAN FLANAGAN- teclados
TIM CURRY- guitarrista
TREVOR BROWN- teclados
KEVIN PAGE- guitarrista
RACHEL ULRICH - dançarina
BETH ALLEN- dançarina
HOLLY MCCALL- dançarina
ROO SMITH- dançarina
LIZ REPASS- dançarina

in: http://www.cruxshadows.com/about.htm





Veremos um pouco da força e do carisma da banda em fotos nos posts a seguir, para dar uma idéia da dimensão toda da mesma enfocada na biografia.









Continuem aqui com o The Cruxshadows:

The Cruxshadsows - Projeto C.O.V.A. - Forumeiros

Share:

0 Ossos Lançados:

Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Enterram-Se Nesta Cova:

Blog Archive

Labels

Covas Recomendáveis

Parcerias

Meu Perfil No Facebook

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Recent Posts

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support