29 de maio de 2009

WAVE GOTHIC TREFFEN 2009 - LEIPZIG/ALEMANHA - 29/05-01-06/2009




Inomináveis Saudações a todos.

Inicia-se hoje, em Leipzig, na Alemanha, a 18ª edição do Wave Gothic Treffen, um dos maiores festivais de Música Gótica/Alternativa do mundo a reunir bandas de vários estilos musicais, como Neo Folk, Darkwave, EBM, Industrial, Metal e muitos outros, durante três dias. A seguir, a lista de todas as bandas que tocarão nesta edição.




Vic Anselmo (LV) http://www.myspace.com/vicanselmomusic

Crottendorf (D) http://www.myspace.com/crottendorf

The Search (S) http://www.myspace.com/thesearchsweden

Mark Benecke (D) Vortrag/lecture http://www.benecke.com

Die Weisse Rose (DK) http://www.myspace.com/dieweisserose

Solblot (S) http://www.myspace.com/solblot

Figg's Academy (GB)

The Moon And The Nightspirit (H) http://www.myspace.com/themoonandthenightspirit

Varius Coloribus (D) http://www.myspace.com/variuscoloribusexperience

Ragnarök (A) http://www.myspace.com/ragnaroek

Nachtwindheim (D) http://www.myspace.com/nachtwindheim

Murkeley (D) http://www.myspace.com/murkeley

Schafspelz (D) http://www.myspace.com/spielleuteschafspelz

Van Langen (D) http://www.myspace.com/vanlangen

Verlangen (D)

OmDuLö (D) http://www.myspace.com/omduloe

Vroudenspil (D) http://www.myspace.com/vroudenspil

Con Pasión (D) http://www.con-pasion.de

Gewandhauschor (D)

Theaterpack (D) http://www.theaterpack.com

Concerto Sacro (D) http://www.concerto-sacro.de

Capella Fidicinia (D) http://www.capella-fidicinia.de

Clemens Peter Wachenschwanz (D) http://www.wachenschwanz.com

Griseldis Wenner (D)

Axel Thielmann & Tilo Augsten (D)

Gregor Meyer (D)

Wieland Lemke & Tobias Schwencke & Antje Thierbach (D)

The Social (GB) http://www.myspace.com/thesocialuk

Dolls Of Pain (F) http://www.myspace.com/dollsofpain

Principe Valiente (S) http://www.myspace.com/principevaliente

Circular (D)

Herbst9 (D) http://www.myspace.com/herbst9official

Phelios (D) http://www.myspace.com/phelios

QEK Junior (D) http://www.myspace.com/qekjunior

Troum (D) http://www.myspace.com/troum

Combat Company (D) http://www.myspace.com/combatcompany

Jännerwein (A) http://www.myspace.com/neulandmusik

Brachial Palsy (D) http://www.myspace.com/brachialpalsy

UK Decay (GB) http://www.myspace.com/ukdecay

Camerata Mediolanense (I) http://www.cameratamediolanense.it

Of The Wand And The Moon (DK) http://www.myspace.com/ofthewandandthemoon

Noctulus (D) http://www.myspace.com/noctulusfansite

Adivarius (D) http://www.myspace.com/adivarius

Mozart (D) Lesung/Reading

Holly & Benni/Letzte Instanz (D) Lesung/Reading

Sascha Blach & Tom Manegold (D) Lesung/Reading http://www.myspace.com/st_sascha & http://www.manegold.de

Christian Von Aster (D) Lesung/Reading http://www.vonaster.de

Myk Jung (D) Lesung/Reading http://www.myspace.com/mykjung

Markus Heitz/Jörg Kleudgen/Boris Koch (D) Lesung/Reading

The Eden House (GB/USA) http://www.myspace.com/theedenhouseuk

The Beautiful Disease (D) http://www.beautifuldisease.de

Panic Lift (USA) http://www.myspace.com/paniclift

Sanity Obscure (D) http://www.myspace.com/sanityobscure

Dead End Guys (D) http://www.myspace.com/deadendguys

Aesthetic Perfection (USA) http://www.myspace.com/closetohuman

Banane Metalik (F) http://www.bananemetalik.com

Fading Colours (PL) http://www.myspace.com/fadingcolours

Current 93 als Anok Pe Current 93 (GB/USA) http://brainwashed.com/c93

Peter Murphy (USA/TR/MEX) http://www.myspace.com/officialpetermurphyspace

Henke (D) http://www.myspace.com/oswaldhenke

Staubkind (D) http://www.myspace.com/staubkindsite

Umbra et Imago (D) http://www.myspace.com/machinamundi

6http://www.hagshadow.net/6commes sa

Antimatter (GB/IRL) http://www.myspace.com/antimatterband

Catpeople (E) http://www.myspace.com/catpeopletheband

Edo Notarloberti (I) http://www.myspace.com/edonotarloberti

Jeniferever (S) http://www.myspace.com/jeniferever

Klimt1918 (I) http://www.myspace.com/klimt1918

Les Fragments De La Nuit (F) http://www.myspace.com/lesfragmentsdelanuit

Fire+Ice (GB/D)

Ianva (I) http://www.myspace.com/ianva

Neutral (RUS) http://www.myspace.com/neutralofficial

Opeth (S) http://www.myspace.com/opeth

Ostara (GB) http://www.myspace.com/ostaraleviathan

Rome (LUX) http://www.myspace.com/romecmi

The Exploding Boy (S) http://www.myspace.com/theexplodingboyse

Schwefelgelb (D) http://www.myspace.com/schwefelgelb

Shadow Reichenstein (USA) http://www.myspace.com/shadowreichenstein

The Prostitutes (CZ) http://www.myspace.com/theprostitutes

Illuminate (D) http://www.myspace.com/illuminatemusik

Drop a Line (D) http://www.myspace.com/dropalinemusik

Telegram Frank (USA) http://www.myspace.com/telegramfrank

Frank The Baptist (USA) http://www.myspace.com/frankthebaptistmusic

Otto Dix (RUS) http://www.myspace.com/ottodixx

Vomito Negro (B) http://www.myspace.com/vomitonegro1

Painbastard (D) http://www.myspace.com/painbastard

Agonoize (D) http://www.myspace.com/agonoize

A Spell Inside (D) http://www.myspace.com/aspellinside

Adoration (GB) http://www.myspace.com/adorationuk

Akanoid (D) http://www.myspace.com/akanoid

Alice In Videoland (S) http://www.myspace.com/aliceinvideoland

Amnistia (D) http://www.myspace.com/amnistia

ASP (D) http://www.thetalesofasp.com/

Atargatis (D) http://www.myspace.com/atargatisgothicmetal

Autumnblaze (D) http://www.myspace.com/autumnblazeband

Ava Inferi (P) http://www.myspace.com/avainferi

Blitzkid (USA) http://www.blitzkid.com/

Brillig (AUS) http://www.myspace.com/brilligacoustic

Burn (D) http://www.myspace.com/burnmusicdotde

Bushart (GB) http://www.myspace.com/bushartmusic

Calabrese (USA) Europapremiere http://www.calabreserock.com/

Cat Rapes Dog (S) http://crd.se

Clan Of Xymox (NL) http://www.clanofxymox.com/

Client (GB) http://www.myspace.com/client

Combichrist (N) http://www.myspace.com/combichrist

Container 90 (S) http://www.myspace.com/container90

Corde Oblique (I) http://www.myspace.com/cordeobliqueunofficial

Cranes (GB) http://www.myspace.com/cranes

Cumulo Nimbus (D) http://www.cumulo-nimbus.de/

Der Blaue Reiter (E) http://www.myspace.com/derblauereitermusic

Die Art (D) http://www.myspace.com/dieart007

Die Form (F) http://www.myspace.com/dieformofficial

Die Perlen (D) http://www.dieperlen.de/

Die So Fluid (GB) http://www.myspace.com/diesofluid

Dies Ater (D) http://www.myspace.com/diesater

Draconian (S) http://www.myspace.com/draconianmusic

Eden Weint Im Grab (D) http://www.myspace.com/edenweintimgrab

Edenbridge (A) http://www.edenbridge.org/

Egoamp (D) http://www.myspace.com/egoamp

Eisbrecher (D) http://www.eis-brecher.com/

Eisenfunk (D) http://www.myspace.com/eisenfunk

FabrikC (D) http://www.myspace.com/fabrikc

Fangs On Fur (USA) http://www.myspace.com/fangsonfur

Feindflug (D) http://www.feindflug.info

Fetisch:Mensch (D) http://www.myspace.com/fetischmensch

Feuerschwanz (D) http://www.myspace.com/feuerschwanz

FGFC 820 (USA) http://www.myspace.com/fgfc820

Fliehende Stürme (D) http://www.myspace.com/fliehendestrme

Frozen Plasma (CH) http://www.frozenplasma.com/

Geistform (E) http://www.myspace.com/geistform

Greifenkeil (D) http://www.myspace.com/greifenkeil

Grendel (NL) http://www.myspace.com/grendel

Hollenthon (A) http://www.myspace.com/hollenthonofficial

Icon Of Coil (N/CDN) http://www.myspace.com/officialiconofcoil

iLiKETRAiNS (GB) http://www.myspace.com/iliketrains

Inkubus Sukkubus (GB) http://www.myspace.com/inkubussukkubus

IWR (IL) http://www.myspace.com/iwrband

Katra (FIN) http://www.myspace.com/katramusic

KMFDM (USA) http://www.myspace.com/officialkmfdm

L'Âme Imortelle (A) http://www.myspace.com/lameimmortelle

Lacrimas Profundere (D) http://www.myspace.com/lacrimasprofundere

Lahannya (GB) http://www.myspace.com/lahannya

Leandra (D) http://www.myspace.com/leandrasphere

Letzte Instanz (D) http://www.letzte-instanz.de/

MDM (CDN) Deutschlandpremiere http://www.myspace.com/mdmisgovernment

Megaherz (D) http://www.megaherz.de

Melotron (D) http://www.myspace.com/melotronmusic

Minerve (D) http://www.myspace.com/minerveband

Modcom (GB) http://www.myspace.com/modcom

Mono Inc. (D) http://www.myspace.com/monoincmusic

My Dying Bride (GB) http://www.mydyingbride.org

Nachtgeschrei (D) http://www.myspace.com/nachtgeschrei

Noctiferia (SLO) http://www.myspace.com/noctiferia

Nosferatu (GB) http://www.myspace.com/officialnosferatu

Nurzery Rhymes (D) http://www.myspace.com/nurzeryrhymes

Patenbrigade:Wolff (D) http://www.myspace.com/patenbrigadewolff

Psyche (CDN) http://www.myspace.com/psyche

Qntal (D) http://www.qntal.de

Rappacinis Tochter (D) Musical http://www.rappacini.de

Sam (D) http://www.myspace.com/projectsam

Samael (CH) http://www.samael.info

Sara Noxx & Friends (D) http://www.myspace.com/saranoxx

Scandy (N) http://www.myspace.com/scandy

Scary Bitches (GB) http://www.myspace.com/thescarybitches

Schelmish (D) http://www.schelmish.de

Schock (D) http://www.myspace.com/schockband

Section 25 (GB) http://www.myspace.com/section25

Shnarph! (D) http://www.myspace.com/redenundatmen

Solitary Experimemts (D) http://www.myspace.com/solitaryexperiments

Sonar (B) http://www.myspace.com/dirkivens

Sonver (GB) http://www.myspace.com/sonver

Specimen (GB) Wiedervereinigung in Originalbesetzung www.specimenbatcave.net

State Of The Union (USA) http://www.state-of-the-union.info

Steven Severin (GB) http://www.myspace.com/stevenseverinmusic

Stoa (D) http://www.myspace.com/stoaporta

T.A.N.K. (D) http://www.myspace.com/tankebm

The Eternal Afflict (D) http://www.myspace.com/theeternalafflict

Theatre Of Hate (GB) http://www.myspace.com/theatreofhate2008

Tunes Of Dawn (D) http://www.myspace.com/tunesofdawnmusic

Turnbull AC`s (S) http://www.myspace.com/ebmturnbull

TYR (FO) http://www.tyr.net/

Tyske Ludder (D) http://www.myspace.com/tyskeludder

Unsun (PL) http://www.myspace.com/unsunmusic

Unternehmen Stahlklang (D) http://www.myspace.com/unternehmenstahlklang

Vendemmian (GB) http://www.myspace.com/vendemmianofficial

VNV Nation (GB) http://www.vnvnation.de

Volkmar (AUS) http://www.myspace.com/volkmarsins

Whispers In The Shadow (A) http://www.myspace.com/whispersintheshadow

Winterkälte (D) http://www.myspace.com/winterkaelteofficial

Yelworc (D) http://www.myspace.com/yelworc

Zin (D) http://www.myspace.com/zinworld



Share:

Brazilian Tribute To The Original TSOL - 2009




BANDAS

Vitrine (DF)

Escarlatina Obsessiva (MG)

Bells of Soul (SP)

Luiza Fria (DF)

Days are Nights (SP)

Shit Whit Corn Flakes (SP)

The Silent Party (SP)

Modus Operandi (BA)

Igreja do Sexo (SP)

Elegia (SP)


Inomináveis Saudações a todos.

Este é o Tributo à banda californiana de Punk Rock Tsol organizada pela Esxarlatina Obsessiva, contando com grandes nomes brasileiros da Música Gótica/Alternativa do país. O download legal pode ser feito nos links a seguir.


Full archive download, 36 Mb - Megaupload mirror download

Track list:

01. Vitrine - Soft Focus

02. Luiza Fria - I'm Tired Of Life

03. Bells Of Soul - Silent Scream

04. Escarlatina Obsessiva - Darker My Love

05. Elegia - Thoughts of Yesterday

06. Igreja Do Sexo - Walk Alone

07. The Silent Party - Send My Thoughts

08. Shit With Corn Flakes - Superficial Love

09. Days Are Nights - Forever Old

10. Escarlatina Obsessiva - Waiting For You

Link:

Brazilian Tribute To The Original TSOL - MySpace
Share:

28 de maio de 2009

AS ULTRAPODEROSAS DEUSAS DO METAL!!!

Imagem hospedada por Servimg.com

Doro Pesch




Angela Gossow



Inomináveis Saudações a todos!

Ultrapoderosas!!!!

Ultraformidáveis!!!

Ultrapossantes!!!

Ultrainigualáveis!!!

As Deusas Do Metal, todas elas, consistem em um forte movimento de vocalistas femininas à frente de bandas que pertenciam, no passado, a um universo completamente masculino. Doro Pesch (que na foto está parecendo a mãe da Angela Gossow) pode ser considerada uma das precursoras das vocalistas femininas em bandas de Metal, por sua atuação, nos anos 80, na banda Warlock. Todas devem muito a ela, que abriu o caminho e forçou os homens, com o passar do tempo a admitirem as mulheres no universo Metal.

Como, antes dela, poderiamos imaginar que Tarja Turunen fizesse sucesso?

Ou a Cristina Scabbia?

Ou a Liv Kristine?

Ou a Annette Olzon?

Ou todas elas, em um movimento machista (ainda é em algumas vertentes) que admitia apenas homens como vocalistas de bandas? A Doro Pesch, repito, todas devem o epíteto de hoje serem chamadas de Metal Goddesses, Deusas Do Metal, sem dúvida nenhuma. E é a todas elas que abro este tópico, a fim de comentarmos e escolhermos a Deusa que apreciamos com maior admiração! Aqui também, todos estão livres para apresentarem outras vocalistas, conhecidas e desconhecidas do grande público, a fim de termos um amplo arquivo de referência dessas Titanides que merecem toda a nossa consideração e carinho.

Qual é a sua Deusa Do Metal preferida?

A de canto suave, lírico?

A de canto possante, selvagem?

QUAL É A SUA DEUSA DO METAL PREFERIDA???




Sonya Scarlet





Liv Kristine





Annete Olzon



Tarja Turunen




Sharon Den Adel



Cristina Scabbia




Mariangela Demurtas




Simone Simmons





Floor Jansen



Imagem hospedada por Servimg.com

Fabila Tozi


Imagem hospedada por Servimg.com

Joyce Vasconcellos


Mais Deusas Do Metal aqui:

AS ULTRAPODEROSAS DEUSAS DO METAL!!! - Projeto C.O.V.A. - Forumeiros



Share:

Paradise Lost




Inomináveis Saudações a todos.

O texto a seguir é uma pequena introdução ao universo do Paradise Lost, uma banda clássica e importante do cenário Gothic Metal. Para informações mais detalhadas acerca da biografia da banda, acessem:


Paradise Lost Biography - Paradise Lost Official Website


A seguir, a introdução.


Banda de Death/Doom/Gothic Metal.

Formados em 1988 em Halifax, Inglaterra.São considerados os pioneiros do gothic metal e sem dúvida uma das melhores e mais influentes bandas de sempre.Ao lado de bandas como Anathema e My Dying Bride , são os mentores do sub-género Death/Doom Metal, e mais tarde tornam-se os padrinhos do Gothic Metal ao tornarem-se melódicos.

Ao longo de 20 anos de carreira os Paradise Lost não só criaram e definiram géneros e estilos, mas quase de imediato trancenderam-nos.
A banda confronta críticos e fans com a sua perpétua reinvenção e experimentação album após album. O desejo de trabalhar com diferentes produtores de outros géneros musicais e a sua recusa em repetirem-se tornou cada album diferente e único na carreira dos Paradise Lost.

Desde o 1º album “Lost Paradise” no ano de 1990 de puro Doom, até aos mais electrónicos “One Second” de 1997, “Host”de 1999 até “Paradise Lost” de 2005 o seu som continua a evoluir como parte da sua identidade. O que se mantém constante é o facto de o seu som surgir supernaturalmente miserável! Não há nada por muito pequena que seja que eles não consigam transformar numa obra de arte melancólica.

A história da banda começa quando ocasionalmente Nick Holmes conhece Greg MacIntosh num pub.Holmes reparou no blusão de MacIntosh que tinha um logo de Kreator, isto em plenos anos 80 onde o trash metal crescia e onde era passaporte para as pessoas puxarem conversa.A banda completou-se com Aaron Aedy, Steve Edmondson e Matthew Archer .Após duas demos, Drown in Darkness e Frozen Illusion.

O primeiro album em 1990 já incorpora vozes femininas para equilibrar o rugir death de Holmes, enquanto as mudanças dinâmicas os afastavam de outras bandas de trash metal. Os principais compositores são Holmes e MacIntosh.

A banda é formada por:
Nick Holmes- vocalista
Greg Mackintosh – guitarrista
Aaron Aedy –guitarra ritmo
Steve Edmondson – baixo
Jeff Singer – bateria (ex China Beach, ex Kill II This, ex Blaze (UK))

Membros anteriores :
Matthew Archer –bateria de 1988 a 1994
Lee Morris - bateria de 1994 a 2004 (ex Marshall Law)


Por: Elektra (a nossa)


É uma história interessante e a banda, importante no cenário Metal, aqui será discutida por todos nós. A sua discografia é estupenda e veremos álbum a álbum, calmamente. Afinal de contas, são vinte anos de carreira de considerável produtividade e construtiva afinidade com os elementos de música que pode ser, verdadeiramente, considerada de qualidade.


DEMOS

Morbid Existence-1988
Paradise Lost - 1988
Frozen Illusion -1989
Pain of Desolation - 1990

COMPILAÇÕES

The sigles Collection - 1997
Reflection -1998
One Second Life - 1999
At the BBC - 2003

SINGLES

In Dub - 1990
As I Die - 1992
Gothic EP -1994
Seal´s The Sense - 1994
The Last Time - 1995
Forever Failure - 1995
True Belief - 1997
Say Just Words - 1997
Onbe Second - 1997
Permanent Solution - 1999
So much Is Lost - 1999
Fader - 2001
Mouth - 2001
Erased - 2002
Forever After - 2005
The Enemy - 2007

ALBUNS

Lost Paradise - 1990
Gothic -1991
Shades of God -1992
Icon -1993
Draconian Times -1995
One Second -1997
Host -1999
Believe in Nothing - 2001
Symbol of Life - 2002
Paradise Lost -2005
In Requiem -2007


VIDEO CLIPS

Pity The Sadness
As I Die
WidowTrue Belief
Embers Fire
The Last Time
Forever Failure
One Second
Say Just Words
So Much Is Lost
Permanent Solution
Mouth
Fader
Erased
Forever After
The Enemy
Paradise Lamented Shade


A banda tirou o seu nome de um poema épico de John Milton "Paradise Lost" de 1667, onde Lúcifer é tratado como figura trágica.

Mais informações detalhadas acerca do Paradise Lost aqui:

Paradise Lost - Projeto C.O.V.A. - Forumeiros

Share:

Maldita



ANJO

Composição: Coágula / Vidaut / Canibal / Lereu / Magrão

Do lado obscuro da mente existem coisas que nunca devem ser ditas
Algumas delas podem ser vistas como delicadas
Enquanto outras são bizarras demais

Abaixo ao amor, abaixo a vaidade
Minha necessidade de me multiplicar
Abaixo ao amor, abaixo a vaidade
Minha necessidade de me multiplicar

Com a asa quebrada e um amor recalcado é o que tenho para te dar
Com cortes no corpo e a cabeça rachada o meu mundo vai acabar

Eu quero que o mundo morra para mim tanto faz
Porque eu me tornei um anjo e eu sei que sou capaz
De ser do seu tamanho, de te enfrentar
Porque eu me tornei um anjo e o anjo vai se vingar

Abaixo ao amor, abaixo a vaidade
Minha necessidade de me multiplicar
Abaixo ao amor, abaixo a vaidade
Minha necessidade de me multiplicar

Quer abrir as asas mas não tem suspensão
Leva um tempo pra se acostumar
Para mim o desprezo é fundamental, sua beleza me faz passar mal

Eu quero que o mundo morra para mim tanto faz
Porque eu me tornei um anjo e eu sei que sou capaz
De ser do seu tamanho, de te enfrentar
Porque eu me tornei um dos seus anjos
E o seu Deus quer me matar



Inomináveis Saudações a todos.

O lado obscuro da mente... O lado mais obscuro da mente... Aquele lado no qual residem os tantos infinitos monstros ou os tantos infinitos anjos ou os tantos infinitos demônios... O lado mais nobre ou o lado mais sujo... Pontuado por sensações que apenas se divulgam no silenciar que nos torna tão hipócritas se atados ficamos aos muros das ignorância e do medo e do seguir sempre o mesmo do mesmo neste mundo do menos do menos! Tudo, um dia, então, vai nos levar a uma decisão, a decisão de olhar para o lado obscuro... Tu já tentastes olhar para o lado obscuro de vossa mente? Tu já tentastes tocar a fundo no abismo do lado obscuro de vossa mente? Já tentastes com coragem, com toda a máxima coragem de cada fibra de vosso Ser, tocar no lado obscuro de vossa mente? Se tocas, se tocou ou se tocará, a sua verdade vai despertar; pode ser uma verdade demoníaca ou uma verdade angélica, nascida da liberdade de não pensar no ato de ser o mesmo do mesmo no menos do menos, como na letra da música acima... Tudo vai se redefinindo... Tudo vai se ampliando... As asas alcançam mundos infindos... As asas elevam-se e celebram a liberdade mais fértil e as palavras todas dentro do caldeirão obscuro da mente revelam-se... Revelam-se aterradoras... Revelam-se engrandecedoras... Revelam-se delicadas... Revelam-se indelicadas... Um Ser único renasce! Um Ser de si mesmo renasce! Abaixo a tudo que move o menos do menos! Abaixo a tudo que alimenta o menos do menos! Novas visões esclarecedoras acerca da realidade! Novas versões da realidade! Um Anjo Do Mundo, deste mundo, não de um mundo acima, de um elevado mundo acima! Aqui mesmo, aqui, o paraíso de algo que renasceu para si mesmo! No entanto, os seguidores do menos do menos, os seguidores representantes do verdadeiro inferno que podemos visualizar todo dia no comum viver humano, por tudo que molda o menos do menos, o Deus que se transformou em um ator dos movimentos deste insano mundo, não aceitam a mudança, não aceitam a liberdade, não aceitam o Novo Ser que se libertou sda humana mediocridade... As asas, mesmo diante disso, não param de bater... Não param... Não param... Não param... Mesmo diante do perigo das muitas mortes possíveis em redor e pulsantes pelo ar... Mesmo diante do perigo de mortalmente se foder...

Há muito, muito tempo mesmo, não me deparo com uma letra de uma música de banda brasileira tão inteligente, verdadeira, sincera e profundamente realizadora de uma abordagem tão rica quanto a presente na letra de Anjo. Esta música é a primeira da banda que ouvi, mas há muito já lera sobre ela na Internet, mas confesso que não tive tempo de conhecer o trabalho da banda... Felizmente, através do trabalho de divulgação de bandas neste fórum, pude tomar contato com a Maldita, uma banda de Industrial, independente, aqui do Rio de Janeiro onde este Inominável Ser que vos escreve reside. Talvez a minha interpretação da letra acima não seja a visão exata do que os autores da mesma quiseram dar-lhe; talvez, em muito, até eu tenha me afastado da visão fecunda que nela há; mas, o que prova a qualidade de uma letra musical não é exatamente a sua capacidade de dar a cada um uma necessidade de interpretação própria, de sentido próprio, um sentimento todo particular? Em minha pesquisa virtual para trabalhar neste tópico, após entrar em contato com a banda, encontrei uma outra versão de Anjo, a qual posto a seguir, uma versão que abre caminho para um novo rumo interpretativo do que os integrantes da banda quiseram nela transmitir.


No lado obscuro da mente, existem coisas
que não devem nunca ser ditas
algumas delas são vistas como delicadas
enquanto outras são bizarras demais

Abaixo ao amor, abaixo a vaidade, minha necessidade
de me multiplicar
abaixo ao amor, abaixo a vaidade, minha necessidade
de me multiplicar

Com a asa quebrada e um amor recalcado
é o que eu tenho para te dar
com cortes no corpo e a cabeça rachada
o meu mundo vai acabar.

Eu quero que o mundo morra, para mim tanto faz
por que eu estuprei um anjo
e eu sei que sou capaz
de ser do seu tamanho, de te enfrentar
por que eu me tornei um anjo
e o anjo vai se vingar

Abaixo ao amor, abaixo a vaidade minha necessidade
de me multiplicar
abaixo ao amor, abaixo a vaidade, minha necessidade
de me multiplicar

Quer abrir as asas mas não tem suspensão
leva um tempo para se acostumar
para mim o desprezo é fundamental
e a sua beleza me faz passar mal.



A sutil inserção de uma palavra a mais, a modificação da mesma, a colocação de outras, proporciona a quantidade de inúmeras interpretações que a música Anjo, em suas duas versões, proporciona. Não vou me expandir a mais nas colocações que faço aqui na abertura deste tópico, colocações que apenas foram inseridas por causa das críticas negativas que andei lendo pela Internet da parte de muitos que não compreendem o trabalho da banda Maldita e o que as suas letras proporcionam aos ouvintes mais atentos, que buscam algo mais em uma banda do que, simplesmente, visual ou batidas bonitinhas e letras enaltecendo “como a vida é bela” ou “como a popozuda ali da outra rua rebola”. Quem critica a banda Maldita desconhece o que as letras realmente dizem e atentam-se apenas aos temas polêmicos tratados pela mesma; na maioria, tais críticos são ouvintes do lixo pop que vigora com força nas rádios AM e FM, um lixo sem valor e sem sentido que causa arrepios e náuseas naqueles que buscam qualidade musical. Para tais críticos, o som de uma britadeira e o de uma orquestra clássica soam como a mesma coisa, são ouvidos atrofiados... Deixemos tais críticos no limbo, no esquecimento, sigamos adiante amaldiçoadamente!

Será divulgada aqui uma banda de superior qualidade musical, realmente superior, tanto nas letras quanto na sonoridade; e não digo isto para bajular os integrantes da banda, mas para reconhecer a excelência do trabalho dos mesmos.

A banda Maldita aqui no Projeto C.O.V.A. inicia a sua tumular jornada!

Vamos à sua biografia:

Maldita - Projeto C.O.V.A. - Forumeiros
Share:

The Cruxshadsows







TEARS


Reaching out in dead of night
Emptiness by candlelight
Memory, a haunted sea
Souring in sudden rage

The damage plagued upon my love
Driven by this selfish urge
To separate yourself from me
But not the way you planned

The gambit flow of shifting thought
She´ll write a kiss upon my cross
And with each moment of despair
Lay to heart a lovely tear

Within each bone the salty sea
Swims; an ocean silently
Swims; the forest of my dreams
Swims; the essence i call me

Come bringing back now can´t explain
The measures swept away in pain
Hatred , will i escape your grasp?
Buried feelings let me pass

I cannot kill this final flame
The fire that once consumed my heart
But hope must have some kind of fuel
And chance must keep this fire


The gambit flow of shifting thought
She´ll write a kiss upon my cross
And with each moment of despair
Lay to heart a lovely tear

Within each bone the salty sea
Swims; an ocean silently
Swims;the forest of my dreams
Swims; the essence i call me

(sample interlude)
Reduced to ashes we run colder on the outside. A spartan hope that dwindles near the source of this contempt what was my hopeful certainly for the future returned upon my desperation and difficult memory, besides wasted moments, whose questions are not resolved ? Simple things went un-adressed, until such time as they could only pass away. Losing you shall (forever mark my breast , injury knows no justice)


The gambit thought ...
The gambit flow...
The gambit...

The gambit flow of shifting thought
She´ll write a kiss upon my cross
And with each moment of despair
Lay to heart a lovely tear

Within each bone the salty sea
Swims; an ocean silently
Swims; the forest of my dreams
Swims; the essence of my being


The gambit flow of shifting thought
(Swimming out the tears in my eyes)
She´ll write a kiss upon my cross
(looking for the shore)
And with each moment of despair
(I hope that this is the last time)
Lay to heart a lovely tear
(I hope that this is the last time)


Within each bone the salty sea
(Swimming out the tears in my eyes)
Swims, an ocean silently
(Looking for the shore)
Swims; the forest of my dreams
(I hope that this is the lat time)
Swims; the essence of my being
(I hope that this is the last time)

The gambit flow of shifting thought
(Swimming out the tears in my eyes)
She´ll write a kiss upon my cross
(Looking for the shore )
And with each moment of despair
(I hope that this is the last time )
Lay to heart a lovely tear
(I hope that this is the last time )

Within each bone the salty sea
(Swimming out the tears in my eyes )
Swims; an ocean silently
(Looking for the shore)
Swims ; the forest of my dreams
(I hope that this is the last time)
Swims; the essence of my being
(I hope that this is the last time)



Na noite cerrada
Com o vazio numa vela
A memória um mar assombrado
Numa raiva súbita

Praga estragada sobre o meu amor
Guiado por esta vontade egoísta
Para te separar de mim
Mas não da maneira que planejaste

A fluidez da tática
Vai escrever um beijo sobre a minha cruz
E em cada momento de desespero
Deixa cair no coração uma doce lágrima

Dentro de cada osso o mar salgado
Nadar; num oceano silencioso
Nadar; na floresta dos meus sonhos
Nadar; a essência que chamo a mim

Voltando agora não posso explicar
As atitudes varridas pela dor
Ódio será que consigo fugir ao teu abraço?
Sentimentos enterrados deixam-me passar

Não consigo acabar com esta chama final
O fogo que uma vez consumiu o meu coração
Mas a esperança deve ter algum tipo de combustível
A oportunidade tem de manter este fogo

A fluidez da tática
Vai escrever um beijo sobre a minha cruz
E em cada momento de desespero
Deixa cair no coração uma doce lágrima

Dentro de cada osso o mar salgado
Nadar; num oceano silencioso
Nadar; na floresta dos meus sonhos
Nadar, a essência que chamo a mim

Sample interlude
Reduzidos a cinzas, arrefecemos no exterior. A esperança Espartana que se aviva perto da fonte indesejada e sem importância. O que foi a minha certeza desejada para o futuro voltou com o meu desespero, a memória apagada, para além dos momentos perdidos os quais as perguntas não foram respondidas. As coisas simples não foram direcionadas... até que o tempo passasse por elas. Perder tu vais (para sempre marcar o meu peito, os ferimentos não conhecem justiça).

A fluidez da tática
A tática a fluir
A tática...

A fluidez da tática
Vai escrever um beijo sobre a minha cruz
E em cada momento de desespero
Deixa cair no coração uma doce lágrima

Dentro de cada osso o mar salgado
Nadar; num oceano silencioso
Nadar; na floresta dos meus sonhos
Nadar; a essência que chamo a mim

A fluidez da tática
(Sairam para fora as lágrimas dos meus olhos)
Vai escrever um beijo sobre a minha cruz
(À procura da margem segura)
E em cada momento de desespero
(Espero que esta seja a última vez
Deixa cair no coração uma doce lágrima

Dentro de cada osso o mar salgado
(As lágrimas dos meus olhos sairam para fora)
Nadar; num oceano silencioso
(Á procura da margem segura)
Nadar; na floresta dos meus sonhos
(Espero que esta seja a última vez)
Nadar; a essência que chamo a mim
(Espero que seja a última vez)

Tradução Por Elektra



Inomináveis Saudações a todos.

Apresento aqui neste tópico o The Cruxshadows (ou Crüxshadows, como em alguns sites aparece escrito), que alguns de vocês devem conhecer. Trata-se de uma superbanda, megabanda, ultrabanda, de Darkwave (este estilo da Música Gótica vem a ser o meu preferido, por sinal). Suas melodias, seu carisma, sua força nas canções e as grandes atuações nos palcos fazem da banda a que mais nos remete a fortes simpatias. Seus membros são disponíveis a todos os fãs e sua proximidade com o seu público gera uma intimidade que dificilmente existe entre bandas e seus respectivos admiradores.

O The Cruxshadows apresenta letras com essência, profundidade e alma, unidas a um misticismo peculiarmente intrigante, como a postada acima. Da mesma escola do Collide, Sopor Aetrnus & The Ensemble Of Shadows, Diary Of Dreams e muitas outras bandas raras, o The Cruxshadows nos remete a momentos brilhantes de melancolia, dor, desespero, angústia, todos expressos na letra de Tears. Quantas letras das bandas fora da cena à qual pertence o The Cruxshadows possuem tanta força e profundidade e habilidade em emocionar ao tocar-nos n'alma? Quantas letras assim, como a de Tears, estão assim disponíveis para serem ouvidas nas rádios? Algumas? Ou seria nenhuma? Nenhuma, conforme a minha mais modesta, sincera e inominável opinião.

A banda foi formada no norte da Flórida no ano de 1992. Contando com um staff de dezessete membros, como verão na biografia a seguir, é uma banda de Darkwave. Os membros principais são Rogue, Rachel McDonell, George Bikos, Jessica Lackey, Sarah Poulos e Pyromantic. A seguir, a biografia da banda traduzida pela Coveira Elektra.





Uma das mais populares bandas de Darkwave. Surgiram no inicio dos anos 90 numa pequena cidade do Norte da Flórida .Nos últimos 15 anos o seu sucesso entre o gênero gótico, EBM, New Wave, Dark Electronic granjeou-lhes quase um status de lenda.

A sua batida de Rock Electrônico e letras introspectivas rapidamente conquistaram uma legião de fans, não só nos EUA como por toda a Europa. Com um ambicioso e constante ritmo de lançamentos e atuações ao vivo a um ritmo alucinante mantiveram a sua posição de elite ano após ano. Já atuaram centenas de vezes por todo o mundo, incluindo
a Noruega, Suécia, Escócia, Irlanda, Inglaterra, Bélgica, Holanda, Polônia, França, Hungria, República
Tcheca, Alemanha, Aústria, Suiça, Itália, Dinamarca, Portugal, Grécia, Lituânia, Latvia, Luxemburgo, México, Canadá, EUA, China,
entre outros. Foram uma das primeiras bandas do Ocidente a atuarem na
Romênia e na Sérvia após a Guerra Fria. Durante 2006 e 2007 fizeram uma
tournée de 1 ano que cobriu a América do Norte, Europa e algumas partes da
Ásia. Foram a primeira banda do género gótico a receber autorização para
atuar na China. E em 2007 foram das poucas bandas do Ocidente a atuarem no
"Greenpeace Midi Open-Air Festival" em Beijing (China).

Ao longo dos anos tiveram vários singles nos tops, as suas atuações atraem
milhares .De facto em 2005 os Cruxshadows foram cabeça de cartaz no" Free
4-day Bochem Total Festival" na Alemanha que no total dos 4 dias reuniu um
total de um milhão de pessoas.
Presentemente nos EUA a banda tem 2 hits na tabela de vendas em 2006 o
single "Sophia" (nº1 do Hot dance singles, nº7 no Hot singles) e mais
recentemente em Setembro de 2007 com o single "Birthday" (nº1 Hot dance
singles ,nº2 Hot singles. Ambas as músicas são do album "Dreamcypher"de 2007.
Numa mistura de New Wave, Gótico, Pop, Rock e Electronic com canções únicas e
cativantes, os Cruxshadows tornaram-se marcos do Darkwave e da cena
alternativa. Temas notáveis como "Leave me alone"considerado o single de
todos os tempos; "Eurydice", que esteve 2 anos consecutivos no top das 10 mais
das tabelas de New Wave; "Deception", que originalmente fazia parte do cd do
clube Succubus ("Succubus Club Disc") Vampire Masquerade e que foi gravado
em inglês e alemão."Winterborn"(nº2 DAC), "Dragonfly"(nº2 DAC), "Tears"(nº2 DAC)", Helen, Return, Resit/r, Foreverlast"(nº4 DAC), "Monsters"(nº2 DAC), "Marylin, my bitterness" (nº2 DAC).

A originalidade e estatuto único transcende a dança, o rico e romântico
sabor do violino eléctrico misturado com o troar e por vezes amargo som da
guitarra dá aos Cruxshadows um sem número de possibilidades
musicais. Justaposto com o frio mundo digital de texturas eletrônicas e
sintetizadores associados ao Synth-Pop e EBM. Adicione o humor e estilo
incontrolável e imprevisível do front man, vocalista principal, compositor e
fundador da banda Rogue e temos a garantia que esta banda é tudo, menos
tradicional.
As canções dos Cruxshadows são imediatamente reconheciveis. Liricamente, vão
desde a mitologia antiga e tendem a focar-se em temas de
responsabilidade, lealdade, paixão e fé. O mote da banda
é: "LIVE, LOVE, BE, BELIEVE" (Vive, Ama, Sê, Acredita) e serve como lembrança de que os Cruxshadows podem escrever canções que ficam no ouvido, a banda tem uma profundidade que se estende para além da pista de dança. Esta profundidade grajeou muitos fans entre o universo literário, incluindo
notáveis como Caitlin Kiernan, John Ringo, Neil Gaiman. Os Cruxshadows
escreveram uma canção baseada no filme de Gaiman "Mirror Mask" chamada "Wake
the white queen" que Gaiman incluiu no seu cd "Where´s Neil when you need
him?"

Com 14 CDs editados, um DVD, e um incontável nº de compilações, os
Cruxshadows construiram-se a si próprios sinónimo com uma nova raça de
música Electro-Goth.
A sua energia e intensidade em palco conduziram-nos a serem chamados de "a
melhor banda ao vivo na Europa" nos dias de hoje pela "Hamburg´s Popular
crazy clip show" e as suas atuações surgem regularmente na televisão
nacional alemã.
As canções de Cruxshadows aparecem no ABC World News, National Geographic
television, The style Channel, MTV e muitas outras incluindo na Europa e Ásia.
Em 2005 os Cruxshadows foram votados a 5ª melhor banda no EBM/Darkwave da
cena gótica industrial de todos os tempos numa recente votação conduzida pela
Wave Gothic Treffen na Alemanha.
Se tiverem oportunidade de ver os Cruxshadows ao vivo, não percam. Conhecidos
pela sua teatral, no entanto sincera, apaixonada e excitante atuação, os
Cruxshadows são sem dúvida únicos!
Com mais de 15 anos de história os Cruxshadows actuaram com um vasto leque
de nomes sonantes tais como: The Cure, Björk, Ladytron, Apoptygma
Berzerk, Placebo, Sisters of Mercy, Skinny Puppy, VNV Nation, Mesh, Bad
Religion, Clan of Xymox, Tool, The Jesus and Mary Chain, 69
Eyes, Covenant, Project Pitchfork e muitos outros.


MEMBROS ATUAIS:

ROGUE- vocais, composição, programação, letras, teclados, algum violino,
front man
GEORGE BIKOS- guitarrista
PYROMANTIC- teclados

BAILARINAS ACTUAIS:
Jessica Lackey -dançarina, coros
SARAH POULOS - dançarina, coros

MEMBROS ANTERIORES:

RACHEL MCDONNELL- violino e teclados
CHRIS BRANTLEY- teclados
STACEY CAMPBELL- guitarrista
SEAN FLANAGAN- teclados
TIM CURRY- guitarrista
TREVOR BROWN- teclados
KEVIN PAGE- guitarrista
RACHEL ULRICH - dançarina
BETH ALLEN- dançarina
HOLLY MCCALL- dançarina
ROO SMITH- dançarina
LIZ REPASS- dançarina

in: http://www.cruxshadows.com/about.htm





Veremos um pouco da força e do carisma da banda em fotos nos posts a seguir, para dar uma idéia da dimensão toda da mesma enfocada na biografia.









Continuem aqui com o The Cruxshadows:

The Cruxshadsows - Projeto C.O.V.A. - Forumeiros

Share:

26 de maio de 2009

Várias Suicide Girls




Kokeshi



Cristabelle





Palo





Sheer





Opaque




Nya





James





India





Starla



Se tu gostastes das Suicide Girls:

A Cova Das Suicide Girls
Share:

Uma Gothic Girl - Omnia















Se tu preferes as Gothic Girls:

A Cova Das Gothic Girls
Share:

Gothic Girls X Suicide Girls



"... I Watched You From The Shadows" - Koshka


X




Cart - Le Polosataya



Inomináveis Saudações a todos.

No desenvolvimento contemporâneo da Fotografia, muitos processos acabaram por tornar-se símbolos de determinadas Subculturas, que enriqueceram-se de modo extraordinário. No desenvolver das mesmas, os enfoques nas diversificadas belezas femininas que se encontram em franca expansão pelo mundo. O Feminino, tal como nas mais clássicas épocas de exaltação do mesmo, atualmente encontra-se em alta freqüência com as Subculturas várias que encontram-se pelo mundo.

Aqui, neste tópico, trataremos de discutir acerca de duas delas, divulgadas aqui no Projeto C.O.V.A. e que são, por elas mesmas, historicamente importantes para a explicação do citado desenvolvimento da Fotografia Contemporânea. Trata-se das Gothic Girls, as feminis representantes da Subcultura Gótica exaltadas em fotos que destacam-se pela sua poética beleza (Glamour, Vitoriano, Medieval), modernidade (Cyber) e sensualidade (Fetish), apenas citando três das suas vertentes; e as Suicide Girls, um trabalho dedicado a todas as feminis representantes do Universo Alternativo, de uma maneira geral, que fogem aos padrões ditos como "normais" de Beleza.

As Gothic Girls. As Suicide Girls. Diferentes padrões fotográficos que se originam da vontade exaltante do estético aspecto de Subculturas que procuram um Ideal De Beleza próprio. Tal Ideal, na opinião deste Inominável Ser aqui que vos escreve, já pode ser considerado como efetivamente adequado e eternizado às duas expresssões artísticas. De um modo geral, são tais expressões herdeiras do mais antigo ato artístico da Humanidade: a exaltação do corpo e suas variadas formas como primordialmente sagradas e dignas da admiração encontrável apenas nos caminhos da Arte. É Arte da mais altíssima qualidade as fotos que nesta categoria do Projeto C.O.V.A. foram postadas, enfocando as Gothic Girls e as Suicide Girls; mas, vocês, Coveiros, possuem as suas preferências pessoais, não possuem?

Você aprecia mais as Gothic Girls?

Você aprecia mais as Suicide Girls?

Você é fã exclusivo das Gothic Girls?

Você é fã exclusivo das Suicide Girls?

A Arte das Gothic Girls é a mais Bela?

A Arte das Suicide Girls é mais Bela?

Gothic Girls?

Suicide Girls?

Qual das Girls é a vossa preferida, Coveira?

Qual das Girls é a vossa preferida, Coveiro?

Gothic Girls X Suicide Girls - Projeto C.O.V.A. Forumeiros


Share:

23 de maio de 2009

Dead Moon - Luis Royo - 31/05/2009

Inomináveis Saudações a todos vós, cadáveres leitores.

Confirmada a data de lançamento de Dead Moon: 31 de maio, em Barcelona, no Salón del Comics 2009!


Aqui uma apresentação de Dead Moon por Luis Royo:
























Mais imagens de Dead Moon neste site:

http://www.luisroyo.fr/index.php

Saudações Inomináveis a todos vós, cadáveres leitores.


Share:

VAMPYRIA SECRET - ANHANGABAÚ/SP - 30/05/2009

Imagem hospedada por Servimg.com


Exclusivo Para Mulheres:

Open Bar das 22:00 até as 00:00h
Após 00:00 h Open Bar para todos até as 03:00h

Sorteio de R$ 300,00 em Compras nas Lojas Profecias, para Vampira com melhor Visual.

Entrada Promocional R$ 8,00 para quem Participa da Comunidade.


OPEN BAR (0h as 3h)
Cerveja, Refri, Vodka, Destilados, Licores, Batidas, Drinks


Entrada:

Mulheres R$ 15

Homens R$ 20

Com nome na Lista $ 8,00


LOCAL: Ocean Club

R. Nestor Pestana, 189 - Próximo ao Metrô Anhagabaú - Centro - SP
A Mais Nova Casa Alternativa de Eventos de SP!
3 Pistas + 2 Palcos + Chapelaria + Dark Room + Lounge + Segurança + Ótima Localização
Informações: (11) 7315-3641 / 3481-6409


Imagem hospedada por Servimg.com
Share:

21 de maio de 2009

K. E. Myatt



Roses - Representação Digital Da Artista




Storm Rising




Bronze Wyven



Inomináveis Saudações a todos.

A inglesa K. E. Myatt (aka Pale Majesty) é uma das grandes artistas digitais que aprecio, sombriamente desenvolvendo as suas criações sob uma intensa atmosfera de terror, fantasia e surrealismo. Suas influências e artistas preferidos são Gerald Brom, Luis Royo, Victoria Frances, Scarlet Gothica, Dorian Clevenger, Paolo Eleuteri Serpieri, Ayami Kojima, H. R Giger, Brian Froud, Arthur Rackham e Alex Hallworth (aka Pale Knave), este último sendo o segundo artista, de técnica digital e tradicional, presente em seu site. A Arte dela é totalmente produzida pelo Photoshop CS2, programa que possui os seguintes recursos: o Localizador de arquivos Adobe Bridge; o Ponto De Fuga, que permite clonar imagens, pintar e colar elementos; efeitos dimensionantes da imagem; acabamento digital de fotos, com correções necessárias; e o High Dynamic Range, recurso que permite, a criação e a edição de imagens de 32 bits, além de demais outros recursos. Tendo em mais tal formidável instrumento, a garantia da qualidade de suas obras soma-se ao criativo interesse em nos dar o sonhador estado de admirá-las. O surrealismo objetivamente contemplamos acima, com as imagens dos dois Dragões em todas as suas intensas e infinitas maravilhas, baseadas, em suas maioria, nas historias que escreve.

Em Storm Rising, o Dragão alça vôo em plena liberdade, Senhor De Todas As Alturas, Ser De Todos Os Horizontes, Amplo Estandarte Representativo Da Deusa Liberdade... É A Deusa Liberdade naquelas Draconianas Asas... Draconianas Asas sentindo A Grande Tempestade... A Grande Tempestade Das Forças... A Grande Tempestade Das Formas... A Grande Tempestade Das Ondas De Vida... A Grande Tempestade Das Ondas Das Transformações... A Grande Tempestade Das Ondas Das Ressurreições... A Grande Tempestade Das Ondas Das Sublimes Visões... A Grande Tempestade, O Dragão Negro Formando Um Vôo Maior, Vôo Místico, Exaltante De Seu Eterno Ser, Fazendo A Terra Girar Mais, Fazendo O Universo Girar Mais, Fazendo A Criação Girar Mais... Draconis Universus Nigri... Dragão Do Universo Negro... Chama Eterna Do Encontro Com A Eternidade... Chama Eterna Do Encontro Com O Infinito... Chama Eterna Do Encontro Com A Verdadeira Vida...

Em Bronze Wyven, A Imponência Do Dragão No Rochedo... Ele Impera... Ele Observa... Ele Vê... Ele Ouve... Ele É A Visão... Ele É A Audição... A Fátua Visão Das Coisas... A Fátua Audição Das Coisas... Em Estado De Guarda, Ele Contempla Todas As Coisas Terrestres... Imperador... Fátuo Imperador... Sua Elegância Nos Impele A Fátuos Sermos... Sua Intensa Sobriedade Nos Força A Querê-Lo Em Nós... Sua Imagem Nos Intensifica Com O Seu Ser... Ser Que Impera... Imperador... Fátuo Imperador...

O Dragão Respira nas duas ilustrações digitais...

O Dragão Respira Em Altos Vôos nas duas ilustrações digitais...

O Dragão Respira...

O Dragão Respira...

O Dragão Respira...

Respira...

Respira...

Respira...

Motivado pela Grande Arte Draconiana Dele, motivado pela Grande Arte Sombria dela, inicio este tópico para apreciarmos e discutirmos acerca do mundo mítico elaborado por esta. Biografias dela estão disponíveis em duas páginas:


The Online Portfolio Of Gothic Artist K. E. Myatt – About

Pale Majesty – Devianart


Mais amostras da Arte dela aqui:

K. E. Myatt - Projeto C.O.V.A. - Forumeiros





Feast




Nightmare
Share:

SÍMBOLO OFICIAL DO PROJETO C.O.V.A.

SÍMBOLO OFICIAL DO PROJETO C.O.V.A.
Criado por Edgar Franco

Oanna Selten (Designer Oficial Do Projeto C.O.V.A./Parceira)

Oanna Selten (Designer Oficial Do Projeto C.O.V.A./Parceira)
Oanna Selten
Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Minha foto
Inominável Ser
Apenas sou um Ser em constante construção. Quer saber mais? Leia meus blogs e saberá mais sobre mim.
Visualizar meu perfil completo

Enterram-Se Nesta Cova:

Blog Archive

Labels

Parcerias

Marcadores

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support