7 de abril de 2009

Boris Vallejo



Boris Vallejo




Dark Whisper




Currents Of Choice




Lord Of The Wolves




Wolfman



Inomináveis Saudações a todos.

Quando a consciência navega na contemplação mais pura da Arte, há uma outra consciência a agir que faz com que se navegue na consistência exata do que se comporta de modo nadante no Além Da Arte. Para se chegar ao Além Da Arte, necessário é que a sensibilidade esteja desenvolvida a tal ponto que a simples contemplação, mesmo sem maiores intenções interpretativas, gera uma envolvente aura atrativa de pensamentos que seduzem os alcances de um verdadeiro entendimento do Contemplado. A aura promove uma ascensão da intelectualidade, a tal ponto que as noções novas de alcances novos de novos entendimentos percorre o âmago do Ser do contemplador, Ser que se fixa ao molde novo de cada vez mais novas sensações diretamente ligadas ao Contemplado. Da emoção inicial passa-se á paixão pelo Contemplar e do Contemplar passa-se ao Amar, Amar no sentido de ver na Arte a realização de um Alto Ideal d'alma, Alto Ideal inerente a muitos ocultos passos definidores de uma elevação existencial buscada internamente. O mais longo processo ocorre, o mais saboroso fruto se colhe, a mais sensata observação floresce, aliando-se ao Ser Contemplador que unido fica ao Ser Contemplado... O Sujeito, O Objeto: Um Apenas Sendo Infinitos Todos De Imagens Em Uma Imagem Produtora Das Mais Diversificadas Mensagens. O Sujeito, O Objeto: O Ser Um Produtivo Tradutor De Uma Artística Linguagem. O Sujeito, O Objeto: O Ser Proporcionador De Novas Artísticas Linguagens.

É tudo o que se processa com este Inominável Ser que aqui vos fala ao contemplar uma obra de Arte. É tudo o que dito é a este Inominável Ser que vos fala ao Contemplar as ilustrações do genial Boris Vallejo. No meu entendimento, ele, Julie Bell (sua esposa) e Luis Royo formam A Santíssima Trindade Da Ilustração. Trindade porque suas criações pulsam diretamente em nossa consciência e ativam os mares da subconsciência, aqueles horizontes inauditos da maioria humana que não recebem a devida atenção. Boris Vallejo (O Pai), Julie Bell (A Filha) e Luis Royo (O Espírito Santo), há muito merecem que obtenham este reconhecimento, pois são os ilustradores que mais concedem os caminhos e as chances de acessarmos os nossos subconscientes, obtendo respostas diretamente pluralizantes e ricas do que suas ilustrações nos passam ao crivo estético-interpretativo-intelectivo. Não que os demais ilustradores do mundo sejam ruins ou menos técnicos e criativos; todos são excelentes artistas e merecem as nossas palavras e reconhecimentos mais efusivos e bem fundamentados. Porém, a Trindade encarrega-se de ser destaque no universo da Ilustração por qualidades que podemos perceber nitida e consistentemente em suas obras.

As ilustrações acima de Vallejo implicam em associações mitológicas e pagãs diretas. Há um ar de Ocultismo claramente nelas inserido e uma forte temática sexual que, no entanto, não apela para o excessivo do vulgar latentemente forçado. O consciente capta o apelo fortemente à margem e o subconsciente interpreta as mensagens, ocultas mensagens, navegantes nos mares de propriedades todas das vertentes que a Contemplação seduz para o papel de interpretadora real do impresso pelas tintas. Há a Magia que impera no dizer mais do que simplesmente colher uma mensagem menor ou maior nelas imposta, pois é dever do observador tornar-se um médium interpretativo-intelectivo do que se faz presente em obras tão ricas de simbolismos como a de Vallejo. Penetra-se no organismo todo da totalizada exposição da imagem, mergulha-se nesta, explora-se O Corpo, A Alma, O Espírito, A Mente, O Ser Da Imagem... Corpo Da Imagem, direto impacto ao nosso olhar... Alma Da Imagem, A Voz Interior Da Imagem Em Nosso Eu... O Espírito Da Imagem, A Condutora Via Da Imagem Espiritualmente Conduzindo-Se Ao Nosso Espírito... A Mente Da Imagem, A Forma E O Pensamento Da Imagem Nas Formas De Nossos Pensamentos... O Ser Da Imagem, A Essência Da Imagem Em Nossa Essência... Tudo isto é uma Metafísica. Tudo isto é uma Filosofia. Tudo isto é uma Mística. Tudo isto é uma Doutrina. Tudo isto é Livre-Pensamento. Por que não agir assim, moldando novos caminhos interpretativos da Arte?

Com essa liberdade, proponho sempre tomar minhas próprias afirmações como próprias a mim e não ao geral das mentes que acessam os tópicos que moldo e desenvolvo. Cada um, portanto, deve retirar de seu Eu as devidas e pessoais interpretações. Contudo, julgo agir a ponto de instigar as mentes mais curiosas a investirem em novas possibilidades de interpretação e de intelecção, não se atendo muito ao academicismo, o qual, digo por experiência própria, às vezes é um amontoado de palavras estéreis em um mar de afogamentos mais estéreis ainda. Vallejo, como todos os mais radicalmente centrados e evoluidos ilustradores, já ultrapassou a esfera da chegada às suas obras a partir do academicismo e nos propõe a inserção de elementos de variadas origens, como ocultistas e místicos, negados, renegados e instituidos como lixo pelos acadêmicos das universidades e faculdades do mundo. Em virtude disso, abrir caminho para a redescoberta do prazer de interpretar à luz do Ocultismo, do Misticismo e do Paganismo, mesclados a uma porcentagem considerável, mas não excessiva, de linguagem academicista, é uma via que me proponho a seguir aqui neste tópico, como em todos daqui desta Cova. E com o Boris Vallejo... Bem, confesso minha admiração fanática por ele, tanto quanto pela Julie Bell e pelo Luis Royo; e é um prazer trabalhar com eles, desde o Portal Gótico, onde construi tópicos que renderam bastante e foram demasiadamente produtivos e instrutivos, tanto para mim quanto para os que acessaram-nos. Convido aos fãs de Vallejo para aqui percorrermos juntos o seu fantástico universo. Para lerem uma biografia do mesmo, acessem:

Boris Vallejo Biography

Como ainda há Seres que não conhecem a obra de Vallejo (sim, há, por inacreditável que isto pareça...) vou no próximo post apenas posicionar alguns exemplos de sua Arte para a apreciação dos mesmos.




Angel Of The City




Ariadne




Josie




Mistress Of The Rain 2




Black Robe




Satyr




Calendar 2000




Things Better Unmet




The Enemy From Within




Verga - The Vengeful




Teefa And The Butterflies



Do fantástico ao surreal, passando pelas vias do sensual, desembocando, finalmente, na mais pura das artes em formas oníricas construtoras de mais do que sonhos vistos como altas realidades... A expansão total da obra de Vallejo, no entanto, não é essa; acompanharemos, neste tópico, a sua produção anual, cientes de que adentraremos em um riqupissimo universo gerador do Além-Sonho e da Além-Realidade.

Aos que não conhecem, este é Boris Vallejo:

Boris Vallejo - Projeto C.O.V.A. - Forumeiros

Share:

0 Ossos Lançados:

Tecnologia do Blogger.

Sobre Esta Cova







Inomináveis Saudações a todos!



Este é o blog do Projeto Companhia De Organizadores De Viagens Abissais (C.O.V.A.), o qual é totalmente voltado para a Arte Sombria, em suas manifestações através da Poesia, Literatura, Pintura, Desenho, Ilustração, Arte Digital, Música, Escultura, Arquitetura, Cinema e novas expressões artísticas e intelectivas que a todo o momento brotam das mentes dos que abordam tal temática. Com o intuito de reunir o máximo possível de artistas e interessados na mesma, então, aqui fundo este blog para divulgar o trabalho realizado nas páginas de mesmo nome existente no Forumeiros, além da elaboração de postagens com assuntos que não está no mesmo disponível.



Bem-vindos, Coveiros e visitantes!



Bem-vindos, cadáveres leitores!



Saudações Inomináveis a todos!



Inominável Ser

O COVEIRO

ADMINISTRADOR



Os Escribas Coveiros

Enterram-Se Nesta Cova:

Blog Archive

Labels

Covas Recomendáveis

Parcerias

Meu Perfil No Facebook

Lápides Eternamente Inderrubáveis

Recent Posts

Unordered List

Inomináveis Saudações! Escolham um de nossos banners e tornem-se Parceiros do Projeto C.O.V.A., enviando-nos o banner e o link de vosso trabalho para este endereço de e-mail: projetocova@gmail.com Design por Laracna D'Angels

Theme Support